Nike Outlet

Repsosta no Yahoo! Answers da AUREANEIDE à pergunta “Loja de Fabrica da Drastosa. Alguem sabe aonde é?”:

“DRASTOSA – Além de seus próprios produtos, fábrica tem concessão para produzir artigos [BP]Nike[/BP] para toda a América do Sul. A loja vende mercadorias fora de linha e com pequenos defeitos. [BP]Camisas[/BP] oficiais da seleção brasileira e de alguns times nacionais, shorts e roupas de ginástica.

Endereço: Rua Luís Gatti, 623. Lapa
Fone: 3879-5300 ramais 216
Horário de funcionamento: 9h30/17h30 (seg. a sex.) e 9h/17h (sab.).

Como chegar: como vc não informe de que lugar saindo, vc pode ir até a estação de Metro Barra Funda e lá no prórpio terminal se informar sobre qualquer onibus que passe na Avenida Ermano Marchetti (perpendicular) ou Rua Cenno Sbrighi (paralela) que são ruas conhecidas pois uma dá acesso à marginal do Tiete e outra é onde fica o estudio da radio e Tv Cultura

se a intensão for adquirir produtos Nike vc tbem pode experimentar:
Nike Outlet – Extra Anchieta
Av. Garcia Lorca, 301 – S.Bernardo do Campo
(11) 4368.6467

Como Chegar: altura do km 15 da rodovia Anchieta. o melhor é ir de carro, mas tbem pode chegar de onibus até o bairro Vila das Mercês e de lá pegar onibus com sentido ABC (Santo André ou São Bernardo).

Fonte(s):
meu conhecimento (morro na região)
www.guia da semana.com.br
www.apontador.com.br”

(outras respostas aqui)

Confira endereços de outlets e outras boas lojas de futebol aqui.

Marcas de Camisas – Campeonato Paulista


São Paulo: Reebok
Corinthians: Nike
Palmeiras: Adidas
Santos: Umbro
Sertãozinho: Kelme
Rio Branco: Lambra
Paulista: Puma
Juventus: Finta
São Caetano: Wilson
Ituano: Champs
Noroeste: Dell’Erba
Ponte Preta: Diadora
Bragantino: Champs
Barueri: Kanxa
São Bento: Nakal
Guaratinguetá: Finta
Marília: Wilson
América: Nakal
Santo André: Diadora
Rio Claro: Nakal

[BP]camisa do São Paulo, camisa do Palmeiras, camisa do Corinthians, camisa do Santos[/BP]

Nova Marca – Nakal

dsc06710.jpg A Nakal fornece uniformes para o Rio Claro, o São Bento, o São Carlos, o Rio Preto e outros times do interior de Sâo Paulo. Os desenhos são clássicos, sem muita frescura. O que atrapalha é o logo – tive que assistir o fim do primeiro tempo inteiro do São Paulo x Rio Claro (por enquanto o Bem vence o Mal por 2-0) pra ver, no colete de alguém no banco, o site da marca.

Sonhos de Consumo (III)

A Adidas lançou a [BP]camisa retrô[/BP] do Saint Ettiene, da França, da temporada 80/81.

As camisas franceses das décadas de 70 e 80 são muito estilosas, talvez pelo fato de terem sido os primeiros a ter grandes marcas envolvidas na criação (pelo que eu sei, a camisa mais antiga que teve a marca do fornecedor estampada foi a do Strasbourg, em 1966, da Le Coq Sportif)

Aliás, essa camisa era fabricada pela Le Coq na época – as duas listras coladas, na horizontal, são bem características dela – mas a Adidas deu um migué e fez a camisa assim mesmo.

Nova camisa do Botafogo

(fonte: UOL)

“Em sua estréia diante do Madureira no Campeonato Estadual, o Botafogo utilizou uma camisa especial, sem a marca dos patrocinadores. A diretoria alvinegra não conseguiu cumprir o prazo desejado de fechar com os novos investidores até o primeiro jogo na competição. (…) A Kappa, fornecedora de material esportivo do clube, aguarda a definição do patrocinador para lançar o modelo 2007 do uniforme.”

[BP]camisa do Botafogo[/BP]

História da Adidas

(fonte: Deutsche Welle)

adidas.gifA história da Adidas começou logo após a Primeira Guerra Mundial, quando Adolf Dassler desenvolveu um sapato de pano para atletas. Hoje, a empresa das três listras é a segunda maior do mundo em artigos esportivos.

Adolf Dassler, chamado de Adi, tinha apenas 20 anos, quando desenvolveu em 1920, com os poucos materiais disponíveis logo depois da Primeira Guerra Mundial, sapatos de pano especiais para corredores, levado pela idéia que o guiou durante toda sua vida: a de que cada atleta tivesse o sapato adequado para o esporte que praticava.

O sucesso do modelo serviu de incentivo para Adi Dassler, que logo desenvolveu sapatos para outras disciplinas do atletismo e chuteiras para futebolistas. Já em 1928 os esportistas alemães disputaram a Olimpíada de Amsterdã calçando sapatos especiais da oficina de Dassler, que nunca se cansou, até morrer em 1978, de buscar o modelo perfeito da chuteira, da bota, do tênis, o que se traduz em 700 patentes e modelos registrados em todo o mundo.

adidas_retro.gifJá na década de 30, Dassler produzia 30 modelos para 11 disciplinas esportivas, com a ajuda de 100 funcionários. Entre os atletas que conquistaram títulos equipados com sapatos desenvolvidos por ele, estava o norte-americano Jesse Owens, que brilhou na Olimpíada de Berlim em 1936 com quatro medalhas de ouro.

Recomeço após a Segunda Guerra

Com o país em escombros, após a Segunda Guerra Mundial, Adi Dassler retomou a produção com 47 funcionários, fazendo sapatos esportivos de lona e borracha retirada de vasilhames usados pelos americanos para armazenar combustível. Em 1947, juntou seu apelido com a primeira sílaba do sobrenome, criando a marca que logo se tornou símbolo de qualidade em todo o mundo: Adidas. As três listras foram acrescentadas como marca registrada no ano seguinte.

Chuteira de Fritz Walter, campeão mundial em 1954, no museu instalado na sede da AdidasBildunterschrift: Großansicht des Bildes mit der Bildunterschrift: Chuteira de Fritz Walter, campeão mundial em 1954, no museu instalado na sede da AdidasA conquista do Campeonato Mundial de Futebol de 1954 pela Alemanha selou definitivamente o sucesso da Adidas: na legendária partida final contra a Hungria, os jogadores da Seleção Alemã calçavam chuteiras com travas removíveis desenvolvidas por Adi Dassler.

Maior variedade de artigos esportivos

O sortimento de produtos nunca parou de crescer, incluindo a fabricação de bolas a partir de 1963 e de confecções esportivas desde 1967. Fundindo-se com o grupo Salomon, em 1997, após uma fase de fracassos financeiros, a Adidas-Salomon passou a congregar a maior variedade do mundo de artigos esportivos, que são vendidos sob diferentes marcas, num total de 600 modelos de sapatos e 1500 peças de confecção.

Seus artigos são vendidos em mais de 160 países, graças a mais de 50 subsidiárias ou joint ventures. Seus dois principais centros de produção, na sede principal em Herzogenaurach, Alemanha, e em Portland, Estados Unidos, empregam 3 mil pessoas. No mundo inteiro, a Adidas-Salomon tem 13 mil funcionários.

Veja também:

Logo vetorizado da Adidas (novo)
Logo vetorizado da Adidas (antigo)