Cruzeiro lança camisas histórias

Raphael Lorenzetto

camisas do Palestra Itália

A loja Cruzeiro Mania foi totalmente reformada e será apresentada para a torcida no dia 1º de dezembro, com um grande evento de inauguração aberto ao público.

O passado de conquistas e glórias do Cruzeiro vai dar o tom do encontro. Na ocasião, serão lançadas as réplicas de duas importantes camisas da historia do Clube: a primeira camisa usada pelo Palestra Itália, em 1921, e a primeira camisa usada pelo Cruzeiro, no ano de 1942.

O layout das camisas segue rigorosamente a mesma linha da época e todos os detalhes foram minuciosamente lembrados. A série especial de réplicas oficiais é uma homenagem a história do Cruzeiro.

Estão confirmadas as presenças de ex-jogadores das décadas de 30 e 40 que fizeram história no Clube. Craques do passado como: Rizzinho que jogou no Palestra Itália, Nogueirinha e Paulo Florêncio que jogaram no Palestra e no Cruzeiro, além de Amauri de Castro e Abelardo, o Flecha Azul, que marcaram com sucesso a história do Cruzeiro.

O evento terá ainda, a presença do autor do livro “De Palestra a Cruzeiro”, Plínio Barreto e uma homenagem ao autor do hino do Palestra, Sr. Arrigo Buzzacchi, que será representado pelo bisneto Geraldo Teixeira da Costa Neto.

A reforma modernizou as instalações internas da loja e tornou o ambiente ainda mais acolhedor para os torcedores, que poderão fazer suas compras com mais conforto e comodidade. Vale lembrar que durante todo o período da reforma, que durou cerca de quatro meses, a loja continuou atendendo normalmente os clientes.

Evento

Dia: 1º de dezembro, sábado

Horário: 11h às 13h

Endereço: Rua Araguari, 600, Barro Preto

Mais informações: (31) 3349-1557

Saiu no site do Cruzeiro. Dica do Celso Filho.

Camisas na Argentina e no Uruguai?

O Caio Elisei perguntou sobre dicas de camisas na Argentina e no Uruguai. Aproveito para compartilhar o que eu me lembro – se alguém souber de mais alguma dica, avise!

Em Buenos Aires, há uns 4 anos atrás, tinha uma loja chamada La Cueva del Deporte, que acho que fica na rua Lavalle, quase na equina com a 9 de Julio (Lavalle 961). É uma portinha na beira da rua, mas que tem uma quantidade absurda de camisas, todas com preços bons. Se bobear, você até consegue fazer algum rolo com o dono da loja.

Também na rua Lavalle fica a Associação Argentina de Colecionadores de Camisa (é, os caras não são fracos):

http://www.aaccf.com.ar/
Lavalle 750 y Av. Corrientes 753
Local 66 1º Piso.
1002 ,CAPITAL FEDERAL
ARGENTINA

Em Montevideo – faz quase 10 anos que eu fui pra lá – me lembro vagamente que tinha umas lojas de esporte na rua 18 de Julio, não me lembro a que altura (ela é enorme, melhor perguntar pra algum local se sabe a que altura ficam as lojas). Também ouvi falar que na feira de Tristan Narvaja, que funciona aos domingos, tem gente vendendo camisas usadas, mas não tenho certeza.

Camisa de torcida da Juve

Dúvida do Raphael:

Belo Horizonte nem sempre foi um lugar ruim pra comprar camisas de futebol. Em meados da década de 90 tinha uma loja, chamada ALMAX (hoje pertencente ao império da Centauro) que vendia as camisas mais estranhas, originais, mas que na época eram tão pouco divulgadas que me pareciam de outro mundo. Certa feita dei uma chegada lá e me deparei com essa camisa que te pergunto agora. Era uma camisa de torcida, meio preta, meio branca, com um desenho que remetia a forma de estrela e um escrito “juve” amarelo como se tivesse sido rabiscado, custava R$36,00, como eu era mulequinho e nem era juventino não liguei. Mas hoje percebo que esta camisa nunca mais foi vista por ninguém quando comento sobre ela.
Me desculpem o desenho que foi feito no paint brush, mas a camisa era mais ou menos assim, por acaso você ou alguém já viu esta camisa de torcida da Juventus?

camisa misteriosa da Juve

Mãe é mãe…

Todo colecionador de camisas deve, em algum momento de sua vida, se defrontado com uma questão existencial: alguma pessoa querida não compartilha de sua paixão com a mesma intensidade – em alguns casos sem intensidade alguma; em alguns casos, com intensidade negativa. Não sei dizer em qual quesito minha mãe se encaixava, mas fato é que, como toda mãe, ela não era muito adepta de coisas como bagunça, desorganização e camisas emboloradas.

Falo isso por que ontem me lembrei de um episódio desta relação turbulenta: há uns 4 anos atrás – pô, eu já tinha quase 30 – eu fui viajar e ela apiedou-se das minhas camisas, que estavam meio fedidinhas, é verdade, mas estavam todas devidamente penduradas em seu armário. Num gesto de boa vontade, ela resolveu lavar todas as camisas e colocá-las em uma mala. A ordem intuitiva de preferência das camisas – as da beirada eram as mais populares – perdeu-se, algo mais terrível do que se perder as chaves primárias de todas as tabelas de uma base de dados.

Quando eu voltei de viagem, ela me comunicou alegremente a boa ação. E eu reagi com sabedoria digna de Gandalf: fiquei sem falar com ela por 3 dias.

Show de horrores

O pessoal da Só Futebol Brasil devia colocar um alerta tipo “O Ministério da Saúde adverte” na página dessas camisas…Dica do Zé Ricardo.

America_MG_I_07nv.jpg

América Mineiro (a camisa deles já foi tão bonita…)

Cascavel_I_07.jpg

Cascavel – futsal – diagramação 10…

Operario_MS_I_05.jpg

Operário/MS – por que cacete não colocaram o patrocínio na bolota?

Regras da UEFA para uniformes

Em um comentário sobre as camisas da Argentina e do Paraguai, o André comentou sobre as novas regras da UEFA, que obriga que os participantes dos torneios por ela promovidos coloquem um box de cor sólida sob os números, caso seu uniforme seja listrado. Alguns sites comentaram sobre o fato. É até justificável esse tipo de iniciativa – comentaristas esportivos devem ter adorado – e ainda não li todo o documento. Mas alguns ítens deste regulamento me assustaram, como esse:

7.01 No item of the playing attire worn by outfield players (shirt, shorts and socks) may consist of more than four colours. Thís provision does not apply to the colours used for lettering (number player’s name sponsor, etc } If three or more colours are used one must be clearly dorninant on the surface of the shirt shorts and socks respectively, and the other three colours must clearly be minor colours.

O Bochum teria problemas há dez anos atrás…