Camisa do TSV 1860 Munchen

O símbolo do TSV e as cores da camisa são elementos que dificlmente comprometem o conjunto da obra. Mas essa camisa da Erima se superou: ficou bem classuda, a exemplo da do ano passado. Aliás, queria entender qual é a política da adidas no uso da marca erima – em que situações ela é usada? Saiu no Football Shirts News – estará à venda a partir de amanhã na loja do TSV.

Lauth_Trikot_neu_294.jpg

Camisa infantil do São Paulo

Achei que já tinha feito este post há um ano atrás quando estava procurando uniformes esportivos para bebê (!), mas algo além dos bodies brancos com o símbolo do time costurado, como se encontra em tudo quanto é loja de esportes de alô-bebês da vida.

Para perpetuar a nobre tradição da família, fui atrás de outra roupa de bebê do São Paulo, dessa vez pro meu sobrinho. E o único lugar onde eu achei alguma coisa diferente foi na Paola da Vinci, que tem uma linha licenciada de roupas para bebê do São Paulo (camiseta, body listrado como se fosse o uniforme 2, e um agasalho com um Rogério Ceni meio acochambrado nas costas, é fato), Corinthians, Santos, Juventus, Manchester United e Paris Saint Germain. O preço assusta: 72 reais o body, 111 a camiseta tamanho um-ano-e-meio. Mas a qualidade é fodástica. Resultado: deixei quase 200 pilas na loja…

image_252

image_253

image_254

Promoção "Camisas Históricas"

O Antonio Bordallo comentou no blog dele que algumas pessoas estavam tendo problemas com as camisas da promoção de Camisas Históricas que o Lance! criou: problemas com o material, com a entrega, com a logística etc.

No Reclame Aqui, eu achei uma reclamação sobre a promoção das Bandeiras do Coração, mas logo embaixo há um comentário de junho, onde um usuário reclama de que o maior tamanho é o G, e a camisa não cabe nele.

É pena que uma promoção tão legal tenha tido problemas desta ordem, o que realmente prova que promoções desse tipo não são coisas triviais, e precisam de muita organização e comunicação. Espero que a proporção de problemas seja pequenas em relação aos que conseguiram trocar suas camisas sem susto. Alguém mais teve problema com isso?

Camisa bizarra do Santo André

20-06-09-011

Fui fuçar no álbum do Manula Galo, e dei de cara com uma camisa pitoresca: a do Santo André, do começo da década de 90, feita pela Proonze, com o desenho descaradamente e despudoradamente chupado da camisa 2 da Escócia que a Umbro fez para a Copa de 90 – foto do ScotlandShirts.co.uk.

1232905031dsc_0180

A ideia é boa, o logo da Proonze até que é bonitinho, e o símbolo do Santo André até dá uma cara de time europeu – por sinal, a cruz de Santo André está presente na bandeira da Escócia. Mas esse tecido brilhoso – será um jacquard? – e essa gola adidas-equipment-wannabee estragaram o conjunto.

Camisa do Borussia Moenchengladbach

(de volta após o tombo do site…)

borussia-monchengladbach-09-10-lotto-kits

O Borussia Moenchengladbach fica mais um ano sem a camisa listrada à la América Mineiro – saiu no Football Shirt Culture. Não entendi muito bem como ficou a camisa escura, mas acho que esse bigode, hã, reto, ficou bom. O adesivo da PostBank, em amarelo, destoa do todo. Legal que a camisa branca com as duas faixas horizontais tenha sido mantida, é um desenho muito bem resolvido, ainda mais com essas cores.

Pra mim, as mais loucas do Borussia são essas (todas no Classic Football Shirts)

borussia-monchengladbach-home-shirt-1994-to-1995-s_3495_1_500x400
1994 – away

borussia-monchengladbach-away-shirt-1994-to-1995-s_5782_1_500x400
1994 – home

borussia-monchengladbach-home-shirt-1977-to-1979-s_5814_1_500x400
1977

Camisa do Paraná Clube para 2009

camisa1e2_manga_curta_

Saiu no Paranistas. Dica do Ricardo_PR. Legal que tenha voltado o “Paraná” escrito de comprido, ainda que pequeno – verdade seja dita, esse detalhe dá personalidade à camisa mas é o terror dos patrocinadores, que já se ferraram bastante pra enfiar suas marcas lá embaixo, como na camisa de 1992, do allanluz.

6135

No mais, as anteninhas até que não prejudicaram muito o conjunto da obra: a camisa não compromete. O detalhe branco da gola é que não ficou legal. A camisa 2 ficou boa, mas nada que arrepie o braço depois de tantas camisas usando o mesmo padrão.

Como curiosidade, está cadastrada na comunidade uma das primeiras camisas do Paraná Clube: a de 1990, branca, do tempo em que, aparentemente, o Paraná ainda não tinha fornecedor. Ou já era a Campeã?

Camisa do Barueri

(de volta às atividades, depois de ter ficado arriado por causa de uma gripe braba)

Faço (novamente) minhas as palavras do Márcio Augusto, mas dessa vez foi por coincidência: eu tava escrevendo o post sobre a camisa do Barurei e aí vi que ele comentou também. As rodadas vão passando e o Barueri não consegue patrocinador pro peito da camisa…(pessoal da Amil, taí uma oportunidade). Enquanto isso, a camisa fica com uma diagramação interessante – patrocínio só nos ombros e nas costas. Somado ao padrão de cores – branco, azul-marinho e vermelho costumam dar certo, e ao desenho da Kanxa – que tem feito umas camisas arrumadinhas já há algum tempo, saiu uma camisa interessante.

barueri

barueri2