Camisa do Schmeichel de 1992

Facebooktwitterpinterestmail

Para encerrarmos a semana laborial (salvo emergências), relembro um clássico: a camisa que o Peter Schmeichel usou na Eurocopa de 1992 – foto do Todo Sobre Camisetas. Creio que foi uma das últimas camisas de um padrão que fez bastante sucesso na década de 80 e começo da década de 90: mangas negras e padrões espalhafatosos no resto. O que eu nunca soube é se as estrelas de seis pontas resultantes dos cruzamentos das listras foram intencionais ou não…alguém sabe?

dinamarca92arquero

denmark-92

Facebooktwitterpinterestmail
PSST! Quer ganhar 10%OFF nas compras acima de R$300 na FutFanatics (exceto lançamentos)? Clique aqui, use o cupom FNT10FC e aproveite!

67 comentários sobre “Camisa do Schmeichel de 1992”

  1. adoro camisas de goleiro dessa epoca.
    um off aqui, ontem tava vendo pal vs atl-pr, a umbro nao deixou as costas da camisa listrada…tem um box preto na aprte de cima das costas…para mim destruiu a camisa.

  2. Na boa? Era por causa de coisas assim que eu sonhava em ser goleiro.

    E tinha umas camisas da Reusch, acho, que eram pretas com uma faixa na altura do peito, ou rosa ou verde, fluorescentes. Eram muito style!

  3. verde? Lembro-me do Preudhomme com azul, cinza e amarela, mas verde não… :S e olha que sou benfiquista.
    Esse modelo inclusive continuou a ser usado pela Olympic qunado ela substitui a Hummel no Benfica. Aliás ela também fez o mesmo na camisa de jogo, só tirando os VV’s das mangas (curiosamente, provavelmente por distracção manteve a gola ainda durante algum tempo, que também tinhas os VV’s).
    E por falar em camisas de goleiro e em Preudhomme, uma dica: o PreudHomme quando se retirou lançou uma marca principalmente virado para goleiros mas não só à semelhança da Uhlsport, chamada MPH. Ainda tenho umas calças de goleiro dessa marca e são bem confortáveis.
    http://homepages.slingshot.co.nz/~soccer01/MPHgloves.jpg
    Tava a ver se encontrava imagens de algumas camisas, mas tá dificil.

  4. Eu acho muito louco este uniformes de goleiro extravagantes, hoje em dias os uniformes de goleiros estão sóbrios até demais.
    A única coisa que eu achei estranho é que o distintivo da dinamarca tá em locais diferentes nas duas fotos.
    Aliás, seria ótimo se a hummel atuasse aqui no Brasil.

  5. A maior parte das camisas dos anos 90 eram psicodélicas, além de uma diagramação ousada. Tinha uma da Reusch de um time amador daqui de Itu que cairía como uma luva pro Criciúma: amarela e preta com todo o estilo 90’cult!!! Anos 90 foram os melhores em diversos sentidos…

  6. 6. Lucas José

    Foi a única cagada neste belo uniforme! Se vc notar, as camisas do Santos tb são assim, na branca fica só a listra, mas na listrada, que tinha tudo pra ser sensacional (sou são-paulino), lá vem aquela parte toda em preto….

  7. Amigos,
    Saiu uma informação em um blog de notícias daqui da Bahia (www.bahianoticias.com.br), dando conta de que empresas brasileiras estariam contratando clubes estrangeiros para estampar as suas marcas em partidas contra o Corinthians na Libertadores, aproveitando-se assim dos altos índices de audiência que as partidas com a participação de Ronaldo costumam dar.
    O site trouxe dois exemplos: o do Racing do Uruguai e do Independiente de Medellin.
    Assisti partes do jogo Racing e Conrinthians e notei que a camisa do clube uruguaio tinha um monte de patrocínios de marcas brasileiras, mas achei que fosse o efeito Mercosul (nem imaginei que pudesse ser um “efeito Ronaldo”).
    Alguém sabe me dizer se isso é verdade? Por que, se for, é algo absolutamente novo!!
    Um abraço,
    Paulo

  8. 17. Daniel

    é toda marca é baseada em “templanes pasteurizados”, mas só na adidas e nike metem o pau.
    ser ou nao tudo no mesmo modelo, o que importa é o resultado final agradar. e nisso tanto Adidas, qnto a u,bro esse ano mandam bem…

    e o preto na camisa do atletico parece que chamo mais atneçlão por nao ter patrocinio ainda

  9. Sssssssssssschmeichelllll!!!
    Felipe, não dá pra afirmar com certeza, mas a maioria dessas experimentações não foram feitas por acaso. Existia um lance nesses grafismos de buscar várias formas ocultas, traduzindo através de um padrão gráfico – formado por manchas, retas, cores, formas geométricas diversas, pontos – uma outra imagem anterior da realidade, como uma reação à pintura histórica, acadêmica, que privilegiava o belo clássico como um cânone da arte.
    Trata-se de um movimento de desconstrução desses cânones, que começa com o Impressionismo, passa pelo Cubismo e chega até o Neoplasticismo. Pois bem, essas experiências neoplásticas dos anos 30/40 vão influenciar muito a moda, a publicidade e os designers das décadas posteriores. Os designers dos uniformes esportivos dos anos 80 são muito influenciados por essas vanguardas da arte. Portanto, acredito que as estrelas não estão aí por acaso. Nem as cores.
    Repara que esse padrão composto pelas estrelas de Davi formam ao mesmo tempo uma grade. Muito curioso, não? Engraçado que os neoplasticistas, como o Piet Mondrian, trabalhavam exclusivamente com vermelho, azul e amarelo, que eram as cores primárias utilizadas tradicionalmente pelos artistas. Da mesma forma, essa camisa do Schmeichel, usa uma variação de ciano, magenta e amarelo, que hoje são realmente as cores primárias da produção gráfica (CMY), utilizadas na nossa impressora por exemplo.
    Por trás da grade, ocultas, se formam através do encontro das cores primárias as cores secundárias (vermelho, verde e azul), que são por sua vez as cores primárias de luz (RGB), utilizada por nossos monitores. A galera viajava legal e eu adorava isso!
    As bolinhas da Nike hoje são um resgate histórico do que já se usou muito na moda da segunda metade do século XX, que por sua vez era uma releitura do processo de impressão por retícula. Tinha um artista da Pop Art dos anos 60 que adorava viajar nisso, o Lichtenstein, que mesclou a retícula dos processos de impressão contemporâneos ao pontilhismo na pintura, um movimento pós-impressionista do começo do século passado.

  10. Amo Camisas dos ANos 90 do seculo passado ( rs )
    Essa é linda.
    Eu tinha uma da UhlSport nesse naipe ae
    mas se perdeu nas inumeras peladas da vida.
    Esses uniformes locos q me chamavam atencao pra ir jogar no gol !!
    Veloso .. Zetti .. Ronaldo … TAfarel … Higuita …Jorge CampoS…Chilavert … Darnlei !!
    Consagrados !! E mais esse ae !! Showazsso !!

    Hoje como o amigo la em cima mencionou .. os uniformes de goleiros estao sobrios demais. Sem graça … é um ou outro que inova como as Puma …
    As camisas do Peter Cech que chama atencao pela cor florescente … mas sao basicas.
    Tem o Goleiro do mexico q joga no Americas q chama atencao tb .

    Esse detalhe em Estrela de Davi é interessante parece desenho subliminar … de tanta cruz … agora hora dos judeus tb mostrar o amor pelo futebol rs …

    E agradeço ao Francisco MOnteiro que mencionou um detalhe interessante : essas bolinhas da nike … POP ART !
    Retro !
    Bem lembrado , caro colega.
    O q me fez repensar e ver com outros olhos essas novas camisas de keeper da nike.
    Só poderiam fazer manga longa.
    Nao gosto de Arqueiro com manga curta.
    Aí fica mesmo igual aos outros 10…

    Abraçs

  11. Junior-BA (#2)

    Ele não era judeu, não; a Hummel é que sempre fez camisas fora do padrão…

    Francisco Monteiro (# 24) (que azar o número do post, heim… rs)

    Parabéns pelo post. Suas informações são sempre sensaionais…

  12. Claudio Campos
    Que eu me lembre, o Pfaff usava amarelo com detalhes pretos. A Reusch até lançou na época uma luva personalizada dele – com um “P” em vez do “S” de Schmeichel nas costas das mãos – nessas cores.

  13. Chico, essas camisas de R$ 99,90 estão com o patrocinio da IPS nas mangas. Acho que é por isso que está esse preço.

    To quase comprando uma, mas estou receoso, pq ainda nao vi uma desse ano em minhas maos.

  14. A camisa em si é muito espalhafatosa, mas o conjunto ficou lindo.

    Segundo me consta, os goleiros não usam mais esse tipo de camisas espalhafatosas porque facilita a localização dos mesmos pelos atacantes.

    Vinicius Vasques, as camisa chegaram, aí vão as fotos conforme prometido:
    http://img406.imageshack.us/i/1604101821.jpg/
    http://img693.imageshack.us/i/1604101822.jpg/

    Em relação aos tamanhos pra quem for comprar na kitbag, pelo menos essas da Canterbury, a azul é M e a branca é G. As duas correspondem exatamente com o tamanhos tradicionais no Brasil.
    Excelente camisas, pela qualidade e serviço da kitbag, recomendo!

  15. 30. Renato Oliveira

    Bom, além do frete que custou 16 dólares americanos, ainda tive que pagar 7,21 dólares canadenses pra UPS (paguei 10 já que o velhinho veio pelo terceiro dia consecutivo e sem sucesso nas 2 primeiras, dei 2,79 de gorjeta pelo trampo de subir até meu ap todas as vezes, hehe), agora, o porque dessa taxa eu não sei (seria imposto? ou taxa de entrega?). Enfim, no total foram 42 dólares americanos ou canadenses, já que ambos estão parelhos, pelas duas camisas, mais entrega e 4 dias úteis de espera pra esses lados. Resultado, por duas camisas muito bem feitas pela Canterbury, oficiais, boa qualidade e excelente serviço da Kitbag, valeu cada centavo!

  16. The Spyder

    as minhas também chegaram na quinta, 6 dias depois da compra

    Portsmouth GK Home 09/10 http://twitpic.com/1fw0ky
    Portsmouth away 09/10 http://twitpic.com/1fw09d

    Falando em valores, foram US$14,00 pelas camisas, US$19,00 de frete e mais R$42,00 pela taxa de entrega da UPS (que inclui tarifas alfandegárias), que no final deve dar um total de R$90,00 e poucos reais.

    Sinceramente valeu cada centavo, pois foi rápido, sem a dor de cabeça de ter que esperar 1 ou 2 meses e a taxação foi certa porém não tive que fazer a maratona que é retirar a camisa nos correios.

  17. O Fluminense vai trocar de fornecedor de camisas. Adidas não emplaca no ano que vem. Nike, Olympikus, Reebok e Kappa na briga.

    Provavelmente será a Nike a fornecedora, por R$ 8 MM/ano.

  18. Que é isso MAURÍCIO? Adidas casa perfeitamente com o meu FLU. Tenho várias camisas, e todas de ótima qualidade, inclusive no aplique do patrocínio. Se não for mais adidas, vou passar um bom tempo sem comprar uma camisa do flu.

  19. Franze, se vc tiver um filho ou uma esposa tricolor, tente comprar uma camisa oficial para ele. No RJ, vc vai achar uma do Palmeiras, mas não acha uma do Fluminense.

    Você sabia que o Fluminense ganha 1/3 do que ganha o Palmeiras, em royalts e verba de patrocínio?

    E eu acho todas as camisas feitas pela Adidas, com a exceção da linha 2009/2010, simplesmente horrorosas. Só investiram na camisa retrô da Máquina Tricolor (e cheia de erros históricos) porque a TORCIDA começou a se cotizar e fazer seus modelos (muitíssimo fiéis).

    Só espero que o tratamento dado pela Nike ao Flu não seja o mesmo que o Flamengo recebeu.

  20. Bem, eu sempre copro minhas camisas no Ceará. Onde moro. A última que comprei foi em pleno Maracanâ, por 100 pilas (achei estranho, mas comprei… e isso corrobora com o que você cita, dos royalties).

    Não me queixo da adidas em nenum aspecto. Pra mim as camisas são bonitas, o preço é menor que a de seleção e times estrangeiros (embora o template seja igual, vide Newcastle) e a qualidade é SUPERIOR.

    Camisa Retrô EM SI já nasce um erro histórico, porque já se parte da impossibilidade de mimetizar o tecido e a costura… Se é pra ser cri-cri, sejamos imparciais…

    Mas concordo. em termos de RETRÔ, o Flu é mal servido.

    Camisas feminias e infantis, se me permite observar, são difíceis de achar de qualquer time. E se você acha do Palmeiras em pleno RJ deve ser porque SOBRAM. Em outubro fui na loja o botafogo, comprar uma camisa para um sobrinho, e não havia modelos Fila disponíveis… Paciência…

    Enfim, é sua opinião. Respeito seus motivos e tenho os meus para discordar.

    Mas que a Nike é uma péssima parceira, isso é notável! Se ela não dá o mínimo de atenção ao CORINTHIANS (Segunda maior torcida, camisas sem graça, caras e de qualidade mediana) nem deu ao FLAMENGO (MAIOR TORCIDA DO BRASIL, modelos feios, péssima distribuição de material…), imagine como trataria o nosso queridíssimo FLU, que possui uma torcida bem menor (É quase um fetiche torcer pro FLU aqui no resto do Brasil).

    Um grande abraço,

  21. A Nike ultimamente até fez uns modelos de camisas bonitos pra Flamengo e Corinthians, mas que ela é uma péssima parceira, isso é. Pro Corinthians eu não sei, já que ela muda o uniforme do time paulista todo ano e lança várias camisas comemorativas. Já com o Flamengo, ela deixou o time jogar com o MESMO uniforme de 2001 até 2004, só lançou uniforme 3 duas vezes (aquele vermelho de 2001 e o “pseudo-retrô” de 2008), e faltava camisa para os jogadores, que as vezes tinham que usar a fonte de numeração antiga para jogar!

    Para os tricolores: fiquem com a Adidas. Qualidade do uniforme muito melhor e dão mais atenção a isso. A não ser q a Nike pague mais (ou outra)

  22. Que pena, Vinícius…
    Camisa de futebol, pra mim, sem número, não tem graça nenhuma, vira camiseta de passeio… Whatever… Parabéns novamente pelas aquisições!

  23. Para mim a Kitbag tem excelentes promoções e tal, mas só se o envio for pela UPS, envio normal é loteria, você corre risco de ficar sem sua camisa e ter dor de cabeça para conseguir o reenvio…
    Falo isso porque acabei de ter essa dor de cabeça…

    Quanto a camisa de goleiro da Dinamáquina, lembro que a Adidas fazia algo nesse estilo, com losangos coloridos, em suas camisas de goleiro… A disposição delas, em alguns modelos, lembravam a musculatura do abdôme.

  24. Se a Nike vier mesmo pro Flu, o meu medo é acontecer exatamente o que aconteceu com o Flamengo porque o departamento de marketing do Fluminense é completamente inoperante, o clube é uma bela bagunça e todos fazem o que querem lá, infelizmente.
    Gostaria que o Fluminense tivesse um tratamento como o do Corinthians, com vários produtos. Basicamente, nós tricolores não temos opções com a Adidas. E, como bem disse o Maurício, sendo mulher então, nem se fala! O modelo feminino é o mesmo desde 2008. As camisas 2 e 3 não existem nos modelos juvenil e infantil, as retrôs são completamente mal feitas e sem a mínima ligação com qualquer camisa antiga do Flu, os casacos/agasalhos também são horrorosos. Se a Nike for esperta, aproveitará a oportunidade e lançará vários produtos legais. Certamente a torcida vai comprar. Sempre compram, mesmo que feios…
    (Estava conversando exatamente sobre isso com um amigo meu hoje. Coincidência chegar aqui e ver notícia sobre)

  25. Pessoal, me desculpem os que dizem o contrário, mas falar que o tratamento dado pela Nike ao Corinthians é péssimo chega a ser exagero. A parceria era tão ruim até 2007, quando o time caiu pra Série B; peguem as camisas de 2003 (começo) até o ano do rebaixamento e vocês verão que a qualidade chegava a ser horrorosa (apesar emplacar em alguns templates – como a do tetra de 2005 e a da Libertadores de 2006), a maioria das camisas eram tão simples que um vendedor de camelô poderia falsificar e fazer uma idêntica; isso acontecia porque o marketing do time era insípido, inexistente – nessa época, o São Paulo deitava e rolava com marketing. Só a partir de 2008 que o clube fez uma “limpreza” na administração, e então vieram as ações de marketing, tão valorizadas até hoje: camisa roxa, uniformes com lançamento, material e design igual aos europeus, camisas, réplicas, produtos, etc – tudo aperfeiçoado com a chegada do Ronaldo. E ainda é difícil entender porque muitos saudosistas e conservadores sismam em ver prejuízo nas ações da diretoria, muito mais ousadas do que na era Dualib – onde o time fazia qualquer coisa a custo zero.
    Já o Flamengo é reflexo da desorganização: o tratamento foi igual ao do Corinthians, com a diferença, no entanto, de não haver uma reforma, uma modificação geral na parceria e nas ações. Uniformes mal feitos, mal atualizados, mal distribuídos e até mesmo escassos; fora a falta de produção, diferente do que o Corinthians lançou; agora, com a Olympikus, houve até uma melhora, ao menos em partes.
    Temos que pensar na postura dos cartolas para com a fornecedora antes de ver se ela realmente é ruim; falem o que quiser da Nike hoje, de seus uniformes, do excesso de patrocínios e ambições, mas o Corinthians nunca foi tão bem tratado, vestido, valorizado e beneficiado quanto agora. Peguem as camisas de 2008 pra cá; material e design infinitamente melhores que os anteriores.

  26. Cara, a Adidas/Palmeiras deve mesmo ser muito diferente da Adidas/Fluminense, pq eu nao tenho reclamações quanto às “maglias”. Sempre acho as 3 pra comprar, mais a de goleiro, as femininas e as infantis. Tecidos iguais aos europeus e preços condizentes.

  27. 41. Mauricio Fernandes
    ia falar sobre essa diferença de tratamento. eu tbm nao tenho do que reclamar da palmeiras/adidas. ate pq o palmeiras conta com um loja oficial e duas especializadas que mantem e tem ate um nivel superior que a oficial[ponto verde e verdegol] entao da para achar uma infinidade de produtos licenciados e as camisas retros palmeiras e adidas sao lindas.

    agora qnto a pagar, o fluminense não é um time com tanta exposição alem de ser muito ligado a uma marca[a unimed] mais do que natural que receba menos, mas não tanta diferença.

    Mas concordo com o rapaz acima, se a diretoria for uma zona, o fornecedor deita e rola. Ja que nao tratando tao bem o patrocinado o lucro sera maior.

  28. Para 64. Maciel

    Foi na Só Futebol Brasil que comprei a minha da Rússia junto com a do Flamengo ll. Paguei no cartão no Dom-11/04 e chegou na Ter-13/04. Sou cliente deles a tempos nunca tive problemas. Pode comprar de olhos fechados. Paguei de frete uns R$9,50. Vc ainda ganha um chaveiro deles de brinde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *