Camisa 2 do Juventude

Das duas uma: ou o Juventude não está divulgando direto suas iniciativas (hipótese que descartarei logo abaixo) ou tem camisa da Penalty vazando no Mercado Livre – apareceu pra venda a camisa 2, dica do Luan. Nada exatamente original, dada a enxurrada de camisas com este padrão que apareceram ultimamente – aliás, ela ficou com cara de camisa de torcida organizada dos anos 80. Mas é fato que o desenho ficou bonito – só a modelagem é que podia ser melhor: julgando pelas fotos, ela parece meio larga(da), e essa fonte pra numeração já deu o que tinha que dar.

Em tempo: descarto a hipótese da falta de divulgação das iniciativas por ter visto uma muito legal, devidamente divulgada no site do clube: a da incorporação de uma camisa usada pelo Everaldo (ele foi emprestado pro Juventude em 1964, seis anos antes de sagrar-se campeão mundial pela Seleção) ao Memorial do clube – a camisa foi doada por um torcedor do clube (Floriano Ártico Correa). Belo gesto.

Participação no programa Login, da TV Cultura

(Lei de Murphy: “se queres que várias camisas sejam lançadas e anunciadas em sites internacionais, tire o fim de semana para descansar com a patroa e viaje para a praia.” Aos poucos vou comentando sobre os lançamentos anunciados no fim de semana)

Enfim, taí o vídeo sobre a participação no programa Login, da TV Cultura, na sexta-feira. Foi muito jóia, o programa é show de bola, a galera super simpática – o Vitor Birner ainda ficou me sacaneando por causa da minha predileção pela camisa de Malta… – enfim, recomendo.

Camisa do Étoille FC (quem?)

(o SBT me deixou na mão, paciência… vou ficar na espreita se a reportagem vai ao ar hoje. Pra quem ficou na espreita junto comigo, valeu!)

Criei mês passado uma comunidade no Facebook em inglês – quem quiser se cadastrar lá, manda bala, só tomem o cuidado de usar o inglês nos comentários – pros gringos participarem e mandarem dicas das camisas das terras deles, contarem histórias, enviarem fotos e por aí vai.

E já começou a aparecer história boa: um cara de Singapura falou sobre a camisa do Étoille FC, que lidera a S-League. Estranhei o nome do time e fui atrás pra pesquisar.

Pois bem: é um time de atletas franceses (acho que tem mais francês no time do que em qualquer time da Ligue 1…) que jogavam em seu país por times profissionais de médio e pequeno porte, e que toparam jogar na liga de Singapura, que convida times de fora para atrair público e propôr a naturalização dos melhores atletas para a seleção nacional. Já jogaram pela Liga times chineses, japoneses, bruneanos, e catadões de chineses, sul-coreanos e africanos – esse último em condições precárias de alojamento e remuneração.

Enfim, a camisa não tem nada demais, aliás, prum time que quer parecer francês, até que ela é bem discreta: só um patrocinador, sem detalhes nos ombros, gola, suvacos…