Encontro de Colecionadores de Maringá

Mais um encontro de colecionadores vai acontecer, desta vez em Maringá. Será no dia 6 de novembro, será na Pizzaria Milão, na Av. São Paulo, em frente ao shopping Avenida Center. Quem está organizando é o Tiago, pra mais informações falem com ele.

E não esqueça: se você tem um evento para divulgar, é só avisar!

(retificando: o Encontro vai ser no SHOPPING MARINGÁ PARK, no 4º piso)

Camisa do Inter para Abu Dhabi

A camisa que o Inter usará no Mundial Interclubes foi anunciada ontem: uma reprodução da camisa de 1979, do time campeão invicto brasileiro. Há muito se discute se a mania de fazer camisas retrô para camisas das temporadas atuais já não deu o que tinha que dar. E mesmo a ideia de se reproduzir essa camisa não é totalmente original, posto que a própria Reebok já tinha feito isso em uma camisa comemorativa. De todo modo, acho que a reprodução ficou muito boa, dado que os elementos favorecem (o logo da Reebok e do patrocinador são limpos e não chamam mais a atenção do que deveriam), e esse desenho é realmente muito bonito. Fotos da Vipcomm, camisas em pré-venda na Loja do Inter.

Camisa 3 do Palmeiras – saiu

Sem alarde, a camisa começou a aparecer em algumas lojas. Ficou bonita, sim, mas esperava um pouco mais dela, vamos ver se no corpo dos jogadores, ou mesmo pegando uma pra ver todos os detalhes, a impressão muda. De qualquer forma, gostei da ideia de brincar com os tons de verde, acho que outros times que tenham apenas uma cor podiam fazer isso também.

(btw, fazia tempo que uma camisa não era lançada sem vazamentos, parabéns pelo esquema de segurança da adidas…)

Dicaça do Daniel Cachello, do CamisaDoPalmeiras.com.

Fotos do Encontro de Aparecida

O evento que o pessoal organizou em Aparecida ontem foi fantástico – confiram os relatos na comunidade, fotos minhas e do Cezar).


No alto: Tigo e Rafael – Em pé: Rodolfo, Formiga, Hugo, Nilson, Jefferson, Manula, Paulo, Matheus, Gino, Rafaem Mendoza e Colucci – sentados: Cezar, Felipe, Rogério e Digão

Valeu ter encarado os 150 quilômetros pra ir e os 150 pra voltar, a caminhada pra encontrar a galera (o caminho entre o Centro de Apoio ao Romeiro e a Praça de Alimentação é maior do que parece), o calor (a galera só na cerveja e eu tava de carro…) e a encheção de saco dos seguranças que de tanto em tanto vinham olhar o que tava rolando naquelas mesas cheias de camisas.

Saldo da viagem: um pneu furado (maldito posto de gasolina fedorento com um p*ta buraco na saída), Tottenham’97 away (trocada na do Gimnasia), Mogi Mirim’94 (na do Guarani’95), e acima de tudo, ter conhecido gente nova, ter reencontrado o pessoal da Comunidade – o último encontro que eu fui foi o da Liberdade – e ter acertado os ponteiros com Ginão, Formiga (gente finíssima) e Colucci sobre vários temas que rolaram por aqui.

Parabéns pra galera que ralou pra fazer o evento acontecer! Esperamos vocês no dia 4!

(o único porém: ter tido que ir embora mais cedo (encarar uma Dutra à noite com chuva e 40% de visão é foda) e não ter ido à sala dos milagres pra ver a fabulosa coleção de camisas formada pelas doações dos romeiros. Aquilo é coisa de louco)