Uniformes do São Paulo a R$ 50?

Saiu no UOL (leiam aqui) a notícia de que o São Paulo estuda lançar, via Reebok, “camisas oficiais populares” a R$ 50, segundo declaração do diretor de marketing do clube, Adalberto Baptista. A discussão é antiga e tem seguidores dos lado “pró” e do lado “contra”: pra mim é claro que é o tipo de iniciativa que ajudaria a combater a pirataria, mas há opiniões contrárias interessantes, como a do gerente-geral de desenvolvimento criativo da Penalty, Ignacio Laudano, que na entrevista feita no ano passsado afirmou que as réplicas populares acabam “denegrindo o clube e a marca”, ainda considerando que “o torcedor quer a mesma!!!” (camisa oficial que os jogadores vestem). Concordam?

Provável camisa do Coritiba para 2011?

O Pedro Neto manda esta imagem, que circulou na comunidade do Coxa no Orkut, e que, presume-se, seria a base para a camisa deste ano. Pelo título do arquivo (camsiaretro89.jpg), presumo que não: parece mais ser mais uma das (fantásticas) camisas retrô que a Lotto tem feito para seus times. De qualquer forma, depois das camisas doidas de mangas de cores diferentes que o time usou neste ano, não seria nada mau ter uma volta ao passado na coleção atual…

Camisa comemorativa do Atlético Paranaense

O Junior Loth e o José Filho mandam links do Globo.com – e do site do Atlético Paranaense sobre a camisa comemorativa ao 87o. aniversário do time. Pra mim, ficou show de bola…pra deixar o Mengo com certa inveja… Conforme o site do CAP, “trata-se de uma releitura do traje usado pelos jogadores na conquista do primeiro título do CAP, o Campeonato Paranaense de 1925. Em seu segundo ano de existência, o clube fez bonito na campanha que o levou ao título, acumulando goleadas como um 7×1 sobre o Paraná e um 8×1 contra o Universal FC. Entre os ídolos da torcida estavam Marreco, seu irmão Marrecão e Urbino, autor de 15 dos 37 gols que o Atlético marcou no campeonato.

Na década de 20, o Atlético Paranaense já era rubro-negro, mas suas listras eram horizontais. Assim, a camisa comemorativa tem as listras dispostas desta maneira, bem como uma gola que faz referência aos antigos cordões usados para ajustar a camisa. O passado e o presente dialogam no uniforme também através dos dois escudos estampados no peito. O escudo atual ganhou um adorno dourado. Abaixo dele, haverá uma aplicação em baixo relevo com o primeiro brasão do time.”

Camisas comemorativas aos 100 gols do Rogerio Ceni

Dica do End. Segue release completo da Vipcomm:

O goleiro Rogério Ceni, do São Paulo, ganhou um presente especial hoje, ainda em campo, para comemorar seu 100º gol: um kit de camisas especiais desenvolvidos pelo clube e pela Reebok, a marca esportiva oficial do tricolor e patrocinadora do goleiro artilheiro. Duas camisas celebram a marca histórica e chegam ao mercado nesta semana.

E o atleta não ganhou apenas o kit. Logo após marcar, Rogério já passou a jogar com uma camisa especial, com número 100 nas costas.

O kit comemorativo tem uma camisa vermelha, de manga longa, inspirada no modelo usado pelo goleiro no dia 15 de fevereiro de 1997, quando fez seu primeiro gol em partida contra o União São João, de Araras. Mas a segunda peça é a grande inovação do kit.

A camisa é dourada e traz no peito um V estilizado em faixas vermelha, preta e branca, as cores do time. Tem o escudo do São Paulo bordado, gola em V e punhos pretos, em ribana.

Nas costas, a camisa tem uma estampa especial com sombreado que forma as imagens do goleiro nas duas situações em que se destaca: fazendo defesa e cobrando falta. Traz ainda as inscrições “100 gols” e o nome do goleiro, que ganha nova grafia: depois de anos usando R.Ceni, o goleiro terá o nome todo na camisa especial.

“Rogério Ceni nem precisava do centésimo gol para ser considerado um marco na história do São Paulo, mas merecia esta conquista a mais. È um jogador que simboliza a raça do time, a dedicação da torcida e a força de um dos clubes mais organizados e mais vencedores em todo o mundo. Acreditamos que a camisa comemorativa traduz isso: história de conquistas, competência e respeito pelo torcedor”, explicou Tullio Formicola Filho, diretor de Marketing Esportivo do grupo Vulcabras|azaleia, que administra a marca Reebok no Brasil.

A marca de cem gols é um recorde a mais para um goleiro acostumado a grandes conquistas. Ídolo e capitão do São Paulo, Rogério Ceni conquistou com o time o título Mundial de 2005, a libertadores em 93 e 2005, o tricampeonato brasileiro de 2006, 2007 e 2008.

Desde que lançou sua primeira coleção de uniformes para o São Paulo, em 2006, a Reebok desenvolve coleções de camisas especiais de jogo para Rogério, com inovações como autógrafos, cores, desenho e tecnologia.

E a relação do goleiro com a Reebok só vem melhorando. Em outubro de 2010 Rogério Ceni iniciou nova fase de interação com a fornecedora oficial do tricolor e passou a jogar com produtos da Reebok, que desenvolveu linha especial de chuteiras com o número de gols feitos por ele.

Fotos do Encontro de Colecionadores de Camisas de MG

O André Fidusi mandou fotos do Encontro de Colecionadores q aconteceu no dia 20 de março, no ÉGol Jumping Bar, no Bairro São Pedro, e foi promovido pela Associação dos Colecionadores de Camisas de Minas Gerais (ACC-MG), com o apoio do Camisaria Futebol Clube. Mais fotos na página do blog: http://camisariafutebolclube.blogspot.com/2011/03/encontro-de-colecionadores-de-camisas_22.html. Parabéns ao organizadores!

Camisa reserva da Rússia para 2011/12

A camisa titular nós já tínhamos visto – arrumadinha, lembrando as camisas da velha União Soviética, mas nada parecido com as magníficas (e malfadadas) camisas para a Copa da África. Mas não lembro de registros da camisa reserva, que o time usou no empate contra a Armênia pelas Eliminatórias para a Euro 2012, que achei simplesmente fantástica – esse toque Monaco deixou a camisa mais evoluída do que simplesmente um uniforme reserva usando um template qualquer – impressão não desfeita nem pelo comentário jocosa de minha esposa, consultora de todas as horas para uniformes esportivos, que disse que a camisa parecia “camisa do supermercado Extra”. Foto do Globo Esporte.