() Publicado em 24-11-2013, por:

Camisa do Brasil para 2014 – mais fotos

Fotos do Globoesporte.com e da Nike (mas não é só isso, tem um texto sobre ela após as fotos. Persevere e veja tudo!)

Retomando o que eu falava no outro post: há uma coisa que me incomoda e que ainda estou tentando descrever com os termos corretos pra não parecer ranzinza: o “nascido para jogar futebol” que há 7 anos está na camisa. Ele é desnecessário e está aporrinhando. Explico.

No fim dos anos 90, os fabricantes já haviam superado as limitações técnicas das listras-e-faixas e virtualmente qualquer coisa podia ser desenhada em uma camisa. A Umbro fez a memorável camisa de 94, com os brasões da CBF estampados em tamanho gigante, e de lá não saiu até 96, quando a Nike assumiu, com uma camisa simples e elegante, amarelo-canarinho, faixa verde nos ombros e só. O minimalismo daquele desenho era genial – qualquer outra camisa parecia um abadá perto da camisa de 97. Ponto pra Nike. E mais pontos vieram com a camisa de 98, igualmente elegante, embalada por um comercial que é provavelmente o mais sensacional da história dos uniformes esportivos. Onde exaltava-se a malandragem, a habilidade e a irreverência dos futebolistas brasileiros.

Ainda sobre as camisas: tivemos uma camisa sem frufrus em 2000 (provavelmente a camisa mais clássica do Brasil nas últimas décadas) e camisas ousadas em 2002 (a com os chanfrados do lado) e 2004 (com o número dentro da bola). Não havia qualquer elemento que evocasse o Brasil ou os brasileiros além das cores e do brasão da CBF – assim como nas outras seleções, independente das pirações dos desenhos de seus uniformes, não se esperava dos fabricantes que fossem tão à fundo na história das camisas.

Aí veio 2006. A camisa “evocava as origens”, com uma gola em estilo mandarim e um desenho mais singelo. Os puristas agradeceram pela segunda redenção da camisa brasileira. Começava a era da espetacularização dos lançamentos das camisas e suas fotos produzidas, e (no caso do Brasil) das primeiras exaltações ao povo brasileiro no uniforme da Seleção, na forma de um “Nascido para Jogar Futebol” na barra da camisa. Também houve outras atitudes simpáticas como as ações promocionais em Weggis, a pacata cidade que serviu como concentração para a seleção (onde, por sinal, um caminhão da empresa foi arrombado e teve seu material roubado). No entanto, aquela Copa ficou marcada pela festa nas cidades em que, em teoria, a seleção devia se concentrar – torcedores circulavam livremente pelo saguão do hotel e alguns jogadores foram acusados de abusar das noitadas, o que presume-se ter colaborado para a performance do time.

camisa-selecao-brasileira-2006-copa-ronaldinho-brasil-rara_MLB-F-5036662003_092013

060213selecao_f_007

060213selecao_f_004

A camisa não teve mudanças significativas até 2010 (o modelo de 2008 tinha gola em V e o “Nascido para jogar futebol” foi pra dentro da gola). A camisa titular da copa da África também tinha um desenho simples (gola careca, galão nas mangas), enquanto a camisa azul tinha bolinhas amarelas no peito. Era a volta gradativa das novidades, como a camisa preta (que não foi usada em jogos oficiais) e o uso de garrafas PET recicladas na composição do tecido da camisa. O “Nascido para jogar futebol” estava firme na gola.

camisa-oficial-do-brasil-2010_MLB-F-4331455306_052013

Em 2011 aconteceu a maior derrapada da relação, com uma fonte estranha, toda quadrada, e a “barra de download” nas duas camisas – sendo que o azul da camisa reserva transformou-se num inédito azul-turquesa. A faixa verde “passava a mensagem de ‘corpo fechado’, uma referência aos guerreiros indígenas que pintam o corpo antes de ir para a guerra.” O “Nascido…” estava firme na gola, além do canarinho estampado no verso do brasão, e não despertaram grandes atenções, mas os elementos nacionais que serviram de inspirações para as camisas começaram a ser questionadas com mais força, conforme post da camisa à época do lançamento.

camisa-brasil-2012-7-robinho-m-nike-home-pron-entrega_MLB-O-188665006_140

11032426

A camisa de 2012 voltou às origens, sem nenhum fato relevante que levasse a algum adereço extra – tirando o brasão na parte interna da gola. Foi bastante elogiada à época, talvez até pelo efeito negativo da camisa anterior (o popular “bode na sala”).

brasao

E a camisa de 2013 também não teve firulas, com desenho evocando a camisa usada na Copa de 90. Seu desenho não era exclusivo da Seleção – outros times usaram aquele template como o Corinthians e o Internacional – o que poderia evocar alguma preguiça do fabricante. De qualquer forma, sem nenhum elemento que a tornasse mais “brasileira” (salvo o canarinho de dentro da gola, presumidamente relacionado ao tom do amarelo que voltou à camisa) foi uma das camisas mais interessantes feita pela Nike para a Seleção nos últimos anos.

camisa-do-brasil-para-2013-relato-de-quem-esteve-l-2


E vocês se perguntam: aonde este balanço irá nos levar? Para demonstrar que todo o ufanismo das frasezinhas de efeito e a “brasilidade” das inspiração dos elementos há muito não fazem o sucesso de um uniforme de futebol – tem mais a ver com o marketing do fabricante do que algo realmente que faça a diferença. E esse uso desnecessário das referências brasileiras na concepção do uniforme está banalizando nossas coisas. Do ponto de vista do marketing faz sentido, claro – mas na hora das camisas eu desligo meu lado de profissional da área e reitero: isso tudo é bullshit e não faz a mínima falta: a camisa de 2013 é genial e seria genial sem o canarinho na gola. Não é esse tipo de frufru que torna uma camisa especial.

Minha crença sobre o uniforme ideal variou muito ao longo dos anos: nos anos 90, a camisa ideal era “aquela que tivesse elementos exclusivos do time”; depois era “a camisa sem firulas”; depois era “a camisa que evocava a história de time”; depois as pirações da década de 90 voltaram a ser a bola da vez. Enfim, o mundo das camisas de futebol está cada vez mais próxima do mundo da moda, em que tendências vão e vem, e nem sempre uma camisa que era bonita continuará sendo bonita dali a um ou dois anos. Não é fácil fazer uma camisa como era há 10, 15 anos.

Nos últimos anos, Nike e CBF estiveram em todos estes extremos: já tivemos camisas modernas, com elementos locais, com elementos clássicos, piradas, minimalistas etc. Uma camisa para o time-sede de uma copa do mundo teria, na minha modesta opinião, a difícil tarefa de unir modernidade, tradição, autenticidade e simplicidade. Nâo é um briefing fácil de encarar, mas eu acreditava que a Nike conseguiria criar algo emblemático como a camisa da Itália de 2000 ou a camisa da Alemanha de 1990, ou a camisa da França de 2010.

Vou esperar fotos mais detalhadas para fechar meu veredicto – estou notando algumas coisas interessantes nas novas fotos como o tom do verde e do azul, ligeiramente esmaecidos, que aparentemente dão um ar retrô à camisa e valorizam o amarelo, dando a energia que parecia faltar nas fotos anteriores. Mas por enquanto, não vejo nada que arrepie o braço – torçamos para que até 2027, quando o contrato da Nike termina, a gente chegue lá.



86 comentários até agora. Mande o seu!

  1. Lucas says:

    Ano de copa deveria ser onde as fabricantes apresentam suas novidades, ao vem a Nike e nos apresenta uma camisa com o desenho da do Manchester da temporada PASSADA. Não é difícil fazer uma camisa bonita pro Brasil, a Adidas mostro isso com as camisas de Palmeiras e do Olympique, e a Nike fez trabalhos melhores pro Brasil como nesse ano em 97, 98. Uma pena que mais uma vez a Nike não nos tratou com trata França e Holanda. Eu esperava mais da nike, ainda mais depois das provocações vindas da adidas e umbro. Esperar que a azul salve a coleção, e que a de 2013 baixe o preço. E como disse também no post anterior se querem uma frase de impacto poderiam escolher uma do hino “verás que o filho teu não foge a luta” ou algo do tipo

    • teruo sano says:

      as camisas de Manchester United 12-13 e Bahia 13 são similares, mas não é certo dizer que também compartilham o desenho com essa camisa da seleção.
      a gritante diferença está no corte das mangas (não que eu seja um especialista no assunto, mas conheço dois tipos e MUFC e ECB são de um, enquanto da seleção é de outro).
      ainda assim, as golas dos clubes possuem abotoamento, com o trespasse na parte central inferior e mais larga, ao passo que a gola da camisa da seleção é um nítido decote em 'v', bem mais estreita que as anteriores, semelhante ao acabamento das mangas.

    • Diego says:

      Essa frase de impacto que você sugeriu seria a ideal. Mas pro time que temos, cujas atuações de 2010 pra cá são de embrulhar o estômago não adianta fazer uma coisa bonita, mesmo porque esse "verás que um filho teu não foge à luta" ficaria contraditório. Mas na real, a Nike perdeu a mão da seleção brasileira e não vai recuperar seguindo a linha que segue. E tomara que a Nike não fique até 2026 não, apesar de que não duvido que daqui poucos anos alguma marca substitua a Nike, ainda mais com o valor pago à seleção ficando a cada ano mais pra trás dos contratos mais recentes.

  2. Alexandre says:

    Conforme eu havia comentado em seu post, a camisa seria esta mesmo.
    Ficou feia, usaram o mesmo template dos EUA de uns anos atrás e eu só não me recordo se era a feminina ou masculina.
    A camisa atual é infinitamente mais bonita do que esta. Deveriam manter.
    Vamos ver como vai ficar a camisa away.
    Tenho a teoria de que a camisa classuda intimida os adversários…..esta camisa não intimida ninguém e por ser ano de copa, acho que não vai incomodar nem os compradores…..

  3. @proenssa says:

    layout de camisa feminina. gostei não.

    • Guilherme says:

      Essa golinha peito aberto em V me lembra muito aquela camisa da Nike de 2007, quando a seleção feminina pipocou para a Alemanha na Copa do Mundo da China.

    • Fernando says:

      Putz, mais um lixo da adidas pro meu Mengão. Mesmo trocando esse dourado nojento por branco (ou vermelho, no caso das três listras), isso ainda é uma afronta ao Manto Sagrado. É ver se a branca fica melhor.

    • André says:

      Pelo menos as listras são pausadas, o que ficaria ótima…

      • Fernando says:

        Opa! Taí um indício de que possa ser falsa (embora as fotos estejam bem detalhadas). Tomara!

  4. Mantoteca says:

    E sobre a camisa: ATÉ QUE ENFIM MUDARAM A FONTE DE NUMERAÇÃO! Se bem que já tinha mudado na camisa "barra de download" de 2011, mas em 2012 retornaram com a antiga.

  5. André says:

    No corpo ficou melhor. mas enfim é raro eu gostar de uma camisa da seleção brasileira. geralmente prefiro a azul, não sou mt adepto a cor amarela. assim sendo dificilmente uma amarelinha me agrade. agora aguardar fotos do segundo uniforme

    • Diego says:

      Eu quando era pequeno a cada jogo da seleção torcia pra eles jogarem de azul pois eu sempre preferi. Mas a camisa azul da seleção já perdeu o brilho faz tempo, há anos não vejo uma que me anime. Hoje em dia pra falar verdade não sinto nem gosto de ver jogo da seleção.Ganhando ou não, o futebol deles não anima e o uniforme tampouco.

  6. Ricardo Pisani says:

    Felipe, comentei exatamente sobre isso semanas atrás quando você postou o vazamento do TSC: http://www.minhascamisas.com.br/wordpress/2013/10
    O Brasil é refém de si mesmo, da sua história e do peso dela, nesse caso.

  7. @EndFugHara says:

    Excelent5e POST de desabafo !!
    E que tem muito haver.

    Bom a camisa ficou SIMPLES por ser uma COPA do MUNDO e AQUI NO BRASIL .
    Tiraram o BRASIL embaixo do CBF … um erro.
    Segundo meus colegas que ainda trabalham na NIKE cogitou colocar uma bandeira do BRASIL no meio do PEITO … ou atrás nas costas … mas não me responderam por que RAIOS aboliram essa ideia.

    Um dos assuntos que cogitaram porque esse design na camisa é o estilo meio URBAN STYLE das ruas … para se usar com essas correntes OSTENTAÇÃO MODINHA e terços nas ruas pelos fãs. Criar um estilo que combine no dia a dia .

    Parece mais uma camisa de balada e de rolê.

    Eu mesmo não gostei muito não, daria um 6 .
    A camisa atual de gola polo foi 10.

    Essa camisa 1998 Ronaldo foi uma das melhores da NIKE.
    Seguida pela 1a camisa da NIKE 1996- Ronaldo – Romário.
    Depois a de 2006 Gola PAdre.

    1994 a melhor , UMBRO.
    Anos 90 Topper que deu inspiração pra essa 2013.

    Enfim … que faça bonito na COPA pois em camisa … foi fraco .

    NÃO CULPEM a NIKE, mas o MARKETING DA CBF ESCOLHEU 3 CAMISAS FINALISTAS .
    Uma delas espero te acesso em breve… era uma GOLA POLO aberta estilo GARRINCHA .

    CBF .. SEMPRE CBF !!!
    Não tenho provas, mas NEYMAR foi um dos responsáveis pela escolha tambem.

    Até aquela 3 do palmera ficou mais estilosa com cara de Brasil do que essa aqui escolhida pela CBF !

    Pra frente BRASIL !!

  8. Saudade de quando as marcas apresentavam as coleções inteira e não "parceladas" em 3 vezes.

  9. Eu gostei do ar simples dessa camisa. Não me conquistou de cara como a de 2013, mas eu gostei… Tem um ar meio anos 50/60…
    E concordo, ando cansado das desculpinhas da Nike para justificar as camisas e os "elementos nacionais" nelas… (Ainda acho que as camisas de 2006 tem as desculpas mais esfarrapadas de todas… Calçadão de Copacabana, Fontes inspiradas no Real…)

    Falando em fonte… Deram uma mexida nas fontes… Parece uma mistura da fonte atual com a quadrada… Ficou também com um ar retrô…

  10. Agora eu to na expectativa pra ver como sera as de goleiro.

  11. teruo sano says:

    falem o que quiserem, sou um 'tipófilo' assumido.
    gostei da fonte utilizada, lembra um pouco a do real madrid em 05-06, ao menos pelas letras.
    no entanto, nunca me senti incomodado pelo fato da dupla nike-cbf não tê-la mudado em quase oito anos, à exceção da quadradona da barra (que, aliás, tinha tudo a ver com o mote da coleção, de pintura indígena e tudo mais). muito pelo contrário, pois eu acredito que até criou uma identificação para a seleção – não por conta do escudinho dentro do número, mas pela fonte em si -, o que eu acho interessante.
    explico: a padronização das fontes adotadas por certas ligas nacionais, como a EPL e as divisões menores inglesas, a MLS e a liga portuguesa permite que se identifique a camisa até de costas. ao passo que a fonte de 2006 foi sendo reutilizada/reciclada, desenvolveu-se um processo de associação da numeração com a seleção mais intenso e até mais interessante que canários e nascidos. era uma fonte legível, elegante e distinta, diria até que indigna de sofrer com reclamações.

    • Felipe Augusto Marx says:

      Não tinha pensado desde este ponto de vista – a unidade da fonte ao longo dos anos faz sentido agora. Eu tenho uma certa birra dessa fonte aí – acho que, se a inspiração eram os cartazes de rua, essa aí está completamente furada, por muito tempo era a fonte de sinalização interna do Shopping Iguatemi nos anos 70 e 80 – mas faz sentido que seja mantida nas próximas temporadas.

    • Gustavo Barreto says:

      Sobre as fontes ainda, os clubes alemães são bons nisso, mais precisamente o Bayern que tá com essa fonte há uns 5 anos e lá e o Schalke que ficou com a bauhaus 93 (ou algo assim) por quase 10 anos também..

      aqui a foto da camisa do bayern que falei http://www.exposay.com/klose-and-podolski-2008-so

      Outro time que tá fazendo isso é o Tottenham.. reparem que nas competições européias a fonte é idêntica ao do logotipo do clube (logotipo, não escudo)

      aqui a camisa http://www.whoateallthepies.tv/wp-content/uploads

      aqui a homepage do site do clube com o logo dele http://www.tottenhamhotspur.com/

      acho que a inspiração para isso sejam as franquias esportivas americanas que mantém não só os uniformes, mas o logo por um bom tempo e geralmente mudam essas imagens visuais em momentos relevantes (os cavaliers mudaram quando o lebron james chegou e saiu) ou não mudam, caso a franquia preze pela tradicionalidade como os celtics, os lakers e os knicks no basquete… Tudo isso contribui para estabelecer a imagem do clube/franquia e para fazer mais dinheiro também? Será que veremos essa realidade nos clubes de futebol brasileiro em breve, seja na manutenção das fontes ou até mesmo dos uniformes?

  12. Christian says:

    Torcer para vir algo de bom na azul.

  13. Maciel Muniz says:

    A Nike criou, a CBF aprovou, ambas tem sua parcela de culpa. Sim, pois essa camisa é um retrocesso, e simplicidade não significa desenho pobre, e é isso que essa camisa possui, um desenho sem capricho, sem cuidado, diria esdrúxulo por conta dessa gola tosca e desse corte ultrapassado e de gosto duvidoso. O único acerto que vejo é a retirada do 'BRASIL' debaixo do escudo da CBF, que era algo desnecessário. Tomara que não façam um Ctrl+C Ctrl+V com a camisa azul.

    • teruo sano says:

      chega um certo ponto onde fica difícil distinguir 'clássico' de 'ultrapassado'.
      como lembrou o blogueiro, o desenvolvimento das camisas vai se assemelhando às criações do mundo da moda, onde tendências vêm e vão, efemeramente ou nem tanto.

      • Maciel Muniz says:

        Concordo com você no que tange à distinção entre o clássico e o ultrapassado, diria que o que define isso hoje é o gosto pessoal mesmo… E tem outra, o fator comparação pesa nessa avaliação também, tanto dentro da própria Nike e suas seleções quanto entre a Nike e as concorrentes. E é NÍTIDO, por mais que soe repetitivo (e por mais que os estilos das marcas, as direções que elas tomam com relação à sua filosofia de criação sejam totalmente diferentes) que Puma, Adidas, até uma Macron, demonstram um cuidado tremendo na maioria de suas criações, que até podem ter gosto duvidoso, mas que o cara que aprecia camisas de futebol percebe 'porra, olha só aquele detalhe ali, aquele grafismo remetendo à algo cultural do país, aquela costura bem colocada, o material que foi usado, etc…'. Eu não vejo isso na Nike, vejo apenas função no design dessa marca, salvo uma ou outra peça, o que me irrita muito do ponto de vista de quem gosta de uniformes esportivos bem elaborados e desenhados. Na camisa anterior à essa, houve uma tentativa de sair um pouco do funcional, e ficou ótimo, dificilmente alguém torceu o nariz pra camisa, aí agora a Nike se volta pro funcional, provavelmente exigência de quem vai usá-la como 'uniforme de trabalho'. E assim vai… a única tendência que vejo que vai e volta são os grafismos tresloucados, de resto, uns preferem a função, outros a beleza. Só que tem uma coisa, como comentei acima, só por que é funcional não precisa ter um desenho pobre e sem cuidado… E o que a Nike demonstrou nessa camisa foi exatamente isso.

        • Vinicius Vasques says:

          Excelente comentário

        • teruo sano says:

          no entanto, a funcionalidade da peça em si pode ser vista como um detalhe a ser apreciado.
          por exemplo, a kappa, ao lançar a kombat, teve em mente que seria mais difícil de se sofrer uma falta através de um puxão pela camisa se a própria peça fosse mais justa e adaptada ao corpo do jogador. associado ao corte raglan, tal atributo foi aplicado à exaustão pela italiana durante anos, tornando o template um dos mais reconhecidos pela comunidade camiseteira – foi até citada no texto do marx.
          esse sucesso levou outras empresas a convergirem nesse aspecto, desenvolvendo projetos similares, como a umbro fez em 2003 na camisa do santos na libertadores, a diadora na coleção de 2004-05 (e posteriores) e a adidas, com a techfit em 2010.
          quanto à seleção, creio que a culpa pesa mais nas costas dos dinossauros conservadores da cbd, que preferem esse marasmo, e no recente frenesi de lançamento anual de uniformes de seleções. a renovação bienal das coleções permite um tempo obviamente maior para o seu desenvolvimento.

  14. nike preguicosa ! ate a kanxa faria camisa melhor pra CBF

  15. Julio Cesar says:

    Nova camisa da Costa Rica.

    Será que a Costa Rica usará na Copa do Mundo essa camisa preta e branca que foi lançada em um amistoso contra a Austrália?
    A camisa é uma homenagem para a seleção que jogou a Copa de 1990 e passou da primeira fase em segundo lugar atrás do Brasil e a frente da Suécia e Escócia.
    Nas costas da camisa tem a frase "Hacemos Historia", onde a seleção se superou vencendo grandes seleções da época e se classificando para as oitavas.
    A camisa feita pela Lotto, em si, é bem bonita e no lugar de qualquer escudo de confederação de futebol leva a bandeira do país. Onde por mim todas as seleções deveriam ter a camisa assim.
    http://www.passionemaglie.it/2013/11/maglia-speci

  16. Fluidoo says:

    Bem mediana.

    Não é difícil fazer um uniforme ESPETACULAR da Seleção Brasileira, é que a Nike simplesmente não sabe e obviamente não quis arriscar muita coisa numa Copa onde as atenções estarão voltadas ao Brasil.

    Uma gola melhor, um tecido amarelo ouro mais brilhoso, um azul mais claro nos calções (como era antigamente) e detalhes verde/amarelo na barra dos meiões (que estão simplórios) fariam enorme diferença.

  17. Vinicius Vasques says:

    Acho que o grande mérito dessa camisa é fugir de uma simples releitura de alguma camisa usada pelo Brasil em algum momento da história.

    O trabalho tinha uma proposta legal, mas no final caiu na mesma armadilha que a Nike sempre arruma, aposta no simples e consegue algo simplório. Esse viés verde aplicado nas mangas e na gola passa impressão de material barato. A fonte não ficou legal, combinaria melhor alguma coisa com poucas curvas e mais fina, combinando com os detalhes verdes.

  18. Marcos says:

    Além da camisa ter ficado uma vergonha de feia, a desse ano usada na copa das confederações não se acha mais em lugar nenhum. Td combinado para a nike só vender a camisa recém lançada. Desde que a Nike entrou na seleção, tenho apenas da copa de 2010 pq ganhei. Mas a mais bonita p/ mim foi a do penta de 2002.

  19. Fernando Rocha says:

    Agora uma dúvida: a seleção chegou a usar a azul atual alguma vez?

  20. FELIPE PLATZER says:

    WTF ???

    Possíveis camisas alternativas de jogo e de goleiro do Palmeiras pro centenário ???????????
    https://www.youtube.com/watch?v=CGSIX7aqeZM#t=27

  21. Rafael Santos says:

    [8]

  22. Pedro says:

    Comprarei mesmo não aprovando, pois será a camisa do hexa!

  23. Belo texto, Felipe Augusto! Realmente, opiniões e gostos são bem divergentes entre nossa raça: humana. Mas concordo com você em gênero, número e grau. Acredito que pequenas modificações no uniforme de 2013, mantendo a gola polo (talvez alterando para uma polo clássica), seria digno de aplausos de pé. Mas… mais uma vez a Nike e a CBF nos frustraram. Que chegue logo 2027!

  24. Pedro says:

    Gostei do meio e do calção sendo simples.

  25. Pedro says:

    A camisa de 200 era horrivel, e a pior camisa de todos os tempos da seleção, a de 2011 tinha algo que eu gostaria que fosse repetido: sem detalhes na gola, gostei muito de ver a gola da camisa amarela.

  26. Henrique says:

    Totalmente OFF: que belo trabalho da Adidas no kit da seleção francesa de Rugby: http://www.newrugbykits.com/2013/11/new-france-ru

  27. Resumindo em poucas palavras:

    As recentes camisas mais bonitas do Brasil são a de 2012/2013 e [clubismo mode on] a do Palmeiras (!!!!!) [clubismo mode off].

    Essa, com sofrimento, merece nota 4.

  28. Guilherme says:

    Pois eu acho que está na hora de sair desse minimalismo extremado e realmente ousar com marcas d'água, golas e mangas diferenciadas, meiões estilizados e arrumar esse short azul, que não muda quase nada há muito tempo. A última coisa que eu gostei, apesar de achar bizarro até hoje da Nike (fora 1998 e 2006, os desenhos clássicos) foi a ousadia na azul de 2010. Depois disso, nada demais. A camisa de 2013 não comprometeu, mas não tem nada demais; o "Nascido para jogar futebol" não compromete nem favorece, mas não "agrega mais valor".

    O problema talvez disso, seja a Nike insistir em lançar uma coleção por ano. Isso é um desrespeito ao "torcedor-consumidor" na minha opinião e acaba nessa profusão de velhos templates e nenhuma inovação.

    Por isso que os erros da Puma são muito menores na camisa do Uruguai. Apesar de não gostar muito da nova em comparação as duas passadas, é possível perceber mudanças lógicas e menos comprometedoras. O modelo se desgasta com o tempo, fomentando a expectativa para a próxima

  29. Francisco Carlos says:

    Estas camisas "novas" da seleção não passam da camisa de Portugal de umas 3 temporadas atrás só que na cor amarela.
    Nike sempre com uma preguiça incrível. http://br.vazlon.com/static/pics/2013/11/06/Camishttp://i.s8.com.br/images/sport/cover/img9/213633
    Abraços

  30. Tige Seva says:

    náo é a camisa mais feia q o Brasil já teve, tampouco é a mais bonita…. certo é que o Brasil merecia algo mais bem cuidado para ser vestido pelo anfitrião do evento. o maior destaque é a saída do ''Brasil'' abaixo do CBF…. poderiam fazer o mesmo com as estrelas, ou tentar algo como sublimado, como a da Inglaterra de 2010. nota 7.

    to achando q desta historia de ter uma camisa nova todo ano esta forçando a criatividade do departamento de criacão das fabricantes

  31. Nuno says:

    Neymar, o Homem-Gola, não vai gostar dessa camisa.

  32. RUD says:

    Eu acho a de Barra de Dowload GENIAL assim como a do ANO PASSADO!

    PERGUNTA FELIPE:

    NÓS USAREMOS CALÇÃO QUE CORES NA COPA, JÁ TEM ALGUMA POSIÇÃO?

    • teruo sano says:

      eu costumo usar um calção quadriculado vermelho e branco pra dar sorte em partidas de copa do mundo.
      tá velho e surrado, mas acho que ele aguenta mais uma.
      quanto à posição, comumente fico sentado no sofá da sala ou em alguma cadeira de algum bar para assistir aos jogos do mundial.

      • João Paulo says:

        HAHAHAHHAHAHHAAHAHAHAH sensacional…

      • FELIPE PLATZER says:

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • Fluidoo says:

        De acordo com as novas regras da FIFA/Fornecedoras, você terá que utilizar tambem camisas e meiões quadriculados em vermelho/branco, salvo quando o Brasil enfrentar a Croácia – neste caso, você terá que usar o kit alternativo.

        • teruo sano says:

          a croácia é a nossa pièce de résistance.
          a fifa sempre vai ter que engolir a toalha de piquenique.

  33. Flavio Rodrigues says:

    Gosto de camisas básicas, a de 2013 era sem dúvida mais bonita, mas mesmo assim, eu prefiro 1000x o minimalismo da Nike ao "carnavalismo" da Adidas…

  34. Renato Cabral says:

    Nike mandou muito mal….
    …A Nike capricha nas camisas da França e só….

  35. Renato Cabral says:

    Engraçado esse negocio de sustentabilidade… a camisa é feita de garrafa pet (reciclado), mas o preço parece que o material eh de seda chinesa com bordados em ouro…rsrsrs…. Povo brasileiro eh muito trouxa mesmo….

    • Renato Cabral says:

      desculpe meu comentario, mas me revolto com isso… A galera pagando 250 reais numa camisa de mateiral de quinta….

      • Isaías Delfim says:

        Business! Quanto mais dinheiro conseguir sugar do torcedor, melhor para o show dos business.

  36. Spyder says:

    Nao é feia, é pobre. Mais um acerto da Nike, que sabe muito bem dar significado pras camisas.
    Povo pobre, camisa pobre.
    Ja a camisa é so pra rico comprar, e eu faço parte do povo.

  37. É impressão ao a Nike abandonou o escudo silkado na versão de jogador? Se for, ainda bem, nunca comprei uma camisa da versão de jogador por medo do escudo sair na lavagem assim como os números saiam em algumas camisas. Pra mim o escudo das camisas tinhas que ser pintados direto no teicido.

  38. Diego says:

    A camisa de 2000 foi a mais bonita, aliás, aquela leva da Nike foi a melhor, a amarela do Brasil, a verde da Nigéria, a laranja da Holanda, eram fantásticas! Agora, quanto a frase de efeito, já deu né… Coisa mais sem sentido, mas gostei sim desse uniforme para a copa, o que mais curti foi a limpa no escudo, tirando o BRASIL…

  39. @UitaloRss says:

    A unica sensação que fica vendo essa camisa é: "era pra essa da Copa ser lançada pra Copa das Confederações e a atual ser a camisa da Copa. Pouquissimos detalhes fazem aquela camisa não ser perfeita… Vamos esperar a azul agora, vou apostado com qualquer um que será o mesmo template, só mudando as cores… Quando era pra Nike ter feito isso, na camisa passada, ela usou outro template… Ô Nike que não aprende…

  40. Marco says:

    Quero deixar um alerta aqui, sobre a Black Friday, na próxima sexta. Os falsos descontos começaram cedo. Pretendia comprar uma camisa do Santos FC para troca, que custava R$ 54,90. O modelo de 2012, BMG.

    Pois hoje, essa mesma camisa custa R$ 79,90. Ou seja, eles aumentaram absurdos R$ 25 reais para, quando chegar sexta-feira, "abaixar" de novo dizendo ser uma "promoção".

    Netshoes, VTNC, VSF. Eu, pelo menos, vou deixar de comprar nesse LIXO.
    att

  41. Raphael Vieira Silva says:

    sou mais a que estava sendo usada

  42. A FRASE PODERIA SER: CADA POVINHO TEM O QUE MERECE !!!

    • Isaías Delfim says:

      Ou então, poderia ser: Trouxa, pague 350 mangos por garrafas pet recicladas com alguns silks.

  43. E ESSA DE 2014 BEM FRAQUINHA MESMO, E ESSA FONTE FICOU BIZONHA !!!

    JA ESTOU COM MEDO DAS DO INTER 2014.

    A NIKE QUE NAO ME APRESENTE ESSA GOLINHA NEM ESSA FONTE NAS DO INTER !!!

  44. Rafael says:

    A camisa eu gostei, a fonte mudou! (ALELUIA) o calção é quase igual, e o meião espero q não seja o q estou pensando…
    E a ausência da inscrição "Brasil" fez bem…

  45. Rodrigo says:

    ATÉ QUE ENFIM a Nike mudou a fonte de numeração!!! o/
    NÃO É o template do Manchester da temporada passada, mas a Nike deveria ser mais criativa no calção, que praticamente não mudou!
    Gosto do logo da Nike Verde no meião, mas espero que ele tenha algo a mais!

Envie seu Comentário

Regras básicas na publicação de comentários:

    ATUALIZADO EM 01.07.2013.

    A ajuda dos leitores nas dicas de camisas é importantíssima, é parte do DNA do blog desde seu lançamento!

    Porém, se por algum motivo alguma das suas dicas não foi publicada, é provável que:

    1 - o autor do blog ainda não teve tempo de publicá-la;
    2 - por não ter tido tempo, o timing da publicação foi perdido e o autor achou que os debates na área de comentários foram suficientes pras opiniões serem expostas; ou
    3- (raras vezes) o autor do blog não achou a dica relevante para um post.

    Assim, não é nada contra você, nem contra seu time. Não é nada pessoal. Juro.

    Acredite: o autor do blog adoraria ter condições de criar posts sobre todos os lançamentos. Mesmo.

    Se ainda assim você têm CERTEZA que é perseguição minha e que você precisa deixar público de modo rude que o seu time precisa de um post, ou um post melhor que o dos outros times, então releia, se puder, a parte que fala do que acontece com os comentários off-topic. Acredite, não vale a pena comprar essa briga. Você pode viver se um post sobre o seu time.

    Este blog trata de notícias, novidade e informações sobre camisas de futebol - e não sobre os times que as vestem.

    Assim, qualquer discussão a respeito de resultados esportivos, ou paixões clubísticas, é considerada off-topic.

    (por quê? pelo simples fato de que discussões e provocações deste gênero através dos comentários de um blog são bastante cansativas e cansam os comentaristas que vêm aqui para ler e comentar sobre a razão do blog, além de gerar um clima de animosidade desnecessário)

    Se você, leitor, sente necessidade inequívoca de sacanear torcedores de outros times por meio virtual, por favor procure comunidades do Orkut como a Futebol Paulista - a rivalidade ou a Libertadores - eu tenho. Elas foram criadas exatamente para isso.

    Não que eu não concorde com discussão e gozações futebolísticas - só acho que há lugares em que esse tipo de discussão é muito mais prazeroso, como numa mesa do Pirajá, com algumas rodadas de chopp sem colarinho e uma porção de bolinhos de carne seca).

    Sendo assim, comentários off-topic serão eliminados. E comentaristas renitentes também.

    Se, por algum motivo, algum comentário off-topic vazou, por favor: exerça o dom da paciência e espere até que ele seja eliminado. Não ponha lenha na fogueira, não dê lições de moral etc. Apenas ignore.

    Ao mesmo tempo, se você seguiu as regras acima e seu comentário não apareceu, é bem provável que alguma regra anti-spam do blog o tenha barrado sem razão. Não é nada pessoal: aguarde e ele será liberado para exibição. Este site tem por política acreditar no bom senso dos visitantes e não modera comentários previamente.

    A comunidade camiseira agradece.

Esta comunidade está no ar desde 2008, tem mais de 2 mil membros, e reúne torcedores de todos os times, que superam suas diferenças para cultuar as tão amadas camisas de futebol - são mais de 12 mil cadastradas - participam de encontros de colecionadores, enfim, curtem sua paixão de forma saudável e amistosa.
Se você gosta de camisas de futebol, faça parte desta galera! Clique aqui e cadastre-se agora!

Designed by: Cogzidel Templates  | Cogzidel Technologies
Copyright © 2012 1275.com.