Camisa 3 da Seleção Brasileira

A Nike revelou o novo terceiro uniforme da Seleção Brasileira. Em tom verde escuro, quase negro o conjunto possui detalhes em amarelo no escudo e no Swoosh, que brilham no escuro. Assim como na Amarelinha, a terceira camisa também recebeu na parte interna da gola uma ilustração. Segundo os americanos, a peça desenvolvida pelo designer carioca Bruno Big, possui o desenho de uma mão fazendo “FIGA” e promete trazer muita sorte aos mais supersticiosos. E ao contrário de outras edições, versão 2014 é também a primeira completa com camisa, calção e meia. Com um corte mais longo que o tradicional o calções homenageiam o surf e trazem listras horizontais em azul, verde e amarelo fazendo referência à bandeira do Brasil. As meias, também verdes, completam o uniforme. Achei o conceito bem legal por colocar o verde na pauta, mas dificilmente vejo a Seleção usando os calções alusivos ao surf em campo. As duas versões de camisas chegam às lojas de todo o Brasil a partir de 19 de fevereiro, com preços sugeridos de R$ 349,90 e R$ 229,90, salgado, não é?

Fotos: Divulgação (e dica do Gui. Lherme)

Camisa do centenário do Palmeiras no jogo contra a Penapolense

O Verdão está em campo e a dica do Kiq está no ar! A ideia do Palmeiras é divulgar o recém-reativado canal do clube no Youtube como patrocinador master. Segundo a matéria do Lancenet, após a reformulação do setor de comunicação com a torcida alviverde e a contratação de profissionais da Santos TV , a maior audiência entre equipes nacionais, o número de inscritos no canal aumentou consideravelmente. De 10 mil para 38 mil, um crescimento de 300%. Sobre o manto, a ideia do clube é mais que válida e o logo nem é feio, mas a combinação com o escudo do clube e a marca do programa Avanti faz a camisa do Palmeiras ficar sobrecarregada. Tanto que o patrocínio do curso Minds passa despercebido. Deveria haver um estudo visual nestas horas, se é que não há, para que ao invés de um aglomerado de carimbos, se tenha uma peça harmônica e que a torcida a faça ser colecionável, porque esta não vai para lojas com certeza.
Fotos: Divulgação Palmeiras /LANIMA, Marcos Bezerra/Agência Estado

Camisa do Mixto Anuncie Aqui

Excesso de patrocínios é pauta recorrente no Minhas Camisas mas no caso desta matéria publicada no Globo Esporte.com uma frase diz tudo: uns com tanto e outros com tão pouco!  Sem patrocínio master para início de Campeonato Mato-grossense, o Mixto buscou uma solução bem ao estilo outdoor, estampando ‘Anuncie Aqui’ no peito e nas costas da camisa. Para quem usava Umbro em uma camisa limpa sem maiores problemas até uns atrás chegar a uma situação destas, a coisa deve estar preta mesmo. Empresário/ Leitor quer quiser ajudar, eu acho que é só mandar um inbox no Facebook do Mixto que além do estadual têm a Copa do Brasil.

Nem só de Super Bolla vive o futebol do DF

Há algumas semanas acompanhamos o drama do Formosa que teve suas chuteiras surrupiadas em um episódio surreal. Durante as reportagens reparei que o clube usava parte do material fornecido pela mexicana Pirma e parte pela Super Bolla. Na busca por material para um post descente e a fim de desvendar tal mistério, qual não foi minha surpresa quando encontrei não só uma página oficial brasileira da Pirma no Facebook como diversos clubes do Candangão sendo vestidos por eles.  Com total de 12 clubes, os mexicanos patrocinam além do Formosa que ocupa a lanterna, o Brasília, o Capital, o Luziânia e o Santa Maria. No geral não são camisas elaboradas, mas podemos dizer que no mínimo são simpáticas. Dos templates oferecidos, gostei dos resultados aplicados nos uniformes do Brasília e do Luziânia. E vocês?

Fotos: Site do Ceilândia EC, Rubens Chiri / saopaulofc.net, e Esporte Candango.com.br

Camisa Tokyo Verdy Athleta

Em 2009, nosso amigo Antonio Bordallo fez uma série de como a Athleta tinha sua vida no Japão.
Na mesma época a grife chegou ter loja própria em São Paulo e iniciar o fornecimento de material para o Cortinthians Steamrollers, o equipe de futebol americano do Timão.  De volta à terra do sol nascente, a marca lançou na última semana a coleção de camisas para os times masculino e feminino do Tokyo Verdy. Perto da camisa abaixo de 2013, a linha masculina chega a ser sóbria, mas o degrade com as listras a partir da barra da peça dão um charme. Claro que a critica é feita baseado em peças usadas na J-League. Já o conjunto feminino leva o nome de Beleza e não poderia ser mais nipônico com patrocínio em forma de zepelim como nos desenhos da TV. Na camisa rosa ainda há o céu e nuvens! Acho nesta apresentação só faltou mesmo algum monstrinho ou a Hello Kitty com fazendo o “V” com dedos para foto.

Fotos: Divulgação/ Facebook Oficial do Clube

Camisa feminina do PSG

Estamos mais que acostumados a ver patrocínios arruinarem ou tornarem uma camisa insossa em algo interessante. Pois bem, sem querer me deparei com o Intagram tobin17 que não consegui identificar se é em homenagem a jogadora Heath Tobin ou dela própria…  O que me chamou atenção é como a simples troca da Emirates pela Citroen me encheu muito mais os olhos. Como já havíamos postado por aqui, é um hábito comum no futebol francês patrocinadores pontuais para uma determinada competição, tanto que a apresentação da jogadora no site do clube (reprodução abaixo) a camisa usada é outra.  Se fosse possível escolher, qual camisa time masculino deveria usar?

Camisas Kappa para o Guarani

O Guarani divulgou no seu perfil oficial do Facebook suas camisas Kappa para equipe profissional. Pela foto, a modelagem parece um meio termo entre as Kappa Combat e as usadas na Copinha. Infelizmente os patrocínios poluíram a peça, tomara que seja possível compra-la do mesmo jeito que aparece na ilustração.

Camisa do Palmeiras para o Centenário

Já tínhamos postado a camisa alusiva ao Brasil e até um modelo Originals. Nosso camiseiro Rafa Sanches deu a dica e cá estamos nós com o manto palestrino de seu 1º centenário. Apesar de a peça estar recheada de detalhes como um logotipo especial comemorativo ao centenário do “Campeão do Século” e cores que fazem referência à Itália nas costas, a Adidas poderia ter feito mais. Uma gola polo ou careca em branco e manutenção das três listras em branco ao invés do dourado com tudo que foi aplicado daria um ar clássico muito mais comemorativo. Estão aparecendo links com fotos da possível camisa branca, mas vamos aguardar o material oficial.

Fotos: Divulgação

Singela Homenagem ao Santos, campeão da Copinha 2014

Hoje é aniversário de São Paulo e final da Copinha! E pela 3ª vez o Santos FC sagrou-se campeão.
Usando uma camisa recheada de patrocínios pontuais, o Peixe trouxe de volta como máster a Suvinil que estampou o manto santista em 87. Apesar do BMG ter deixado marcas, não tenho traumas do laranja e se fosse possível ter apenas a fabricante de tintas como patrocinador, o uniforme do Santos ia ficar legal. Nada comparado com a possibilidade de usar Suvinil em preto como nos anos 80, mas aí eram os anos 80.

Fotos: Gazeta Press e Sempre Peixe.com.br

Camisas Fila do Avaí para 2014

Bruce nos deu a dica do lançamento da linha Fila para o Avaí realizada na Ressacada. Evento bacana que serviu não só para apresentar as novas camisas como o elenco para torcida. E pelas fotos retiradas do perfil oficial do clube no Facebook dá para ver que a torcida estava interagindo bem com os jogadores. Em relação às camisas, mesmo sem haver muito ineditismo no que foi apresentado, gostei! Tudo ainda limpo, apenas com a Woa ao lado do escudo do clube, o que é melhor do que no centro da camisa. Já a marca da Fila me parece menos bruta do que nas passagens pelo Botafogo ou Figueirense, o que é positivo. Mas tem um item que quero compartilhar, um sentimento de separados ao nascimento do Avaí com FC Zürich que a camisa da Fila só fez aumentar.