Camisas da Inglaterra para Copa do Mundo

Agora chegou vez da Nike apresentar o conjunto inglês para o Mundial. As tradicionais camisas branca e vermelha foram mantidas e segundo a equipe criativa da fornecedora americana, a ideia era realmente honrar a tradição dos criadores do esporte. Não existem firulas visuais aparentes, mas existe a promessa que de encontro à luz, detalhes como escudo têm capacidade refletiva fazendo a indumentária brilhar como as armaduras dos cavaleiros.  Pelas imagens, o tecido tem um quê de Taylored by Umbro e a opção de gola “V” estilizada ficou legal no uniforme titular, apesar do ar pijamesco já citado por muitos nas criações da Nike. O uniforme vermelho entra naquele universo de não ter para onde fugir e lembra em muito a última peça criada pela Umbro para o English Team. Alias desde que assumiu a seleção inglesa, tenho a nítida impressão que a Nike se sente meio assombrada pela fornecedora anterior. Quem sabe se nessa onda de retomadas a Umbro não enche o peito e parte para dentro trazendo de volta o que lhe é de direito? Afinal, quem não se lembra da passagem da Reebok pela Argentina e do retorno da Adidas?

Fotos: Divulgação

Bastidores das fotos

Camisa do Ajax com patrocinador especial

O Ajax de Amsterdam deu folga neste domingo para o já conhecido patrocínio da Aegon e envergou em seu lugar a marca do Fonds Gehandicaptensport que em bom português significa Fundos para Deficientes. A ideia é divulgar a organização e arrecadar ainda mais doações para atletas com deficiência, foco da iniciativa. E se você é fã do Ajax, gostou da ação e quer a camisa, não perca a oportunidade e em três de abril, dê seu lance no leilão dos uniformes usados na partida de hoje contra o FC Twente.

Fotos: Divulgação

Camisa reserva de Portugal para Copa

A Nike apresentou esta semana a “camisola” reserva da Seleção Portuguesa para Copa Mundo FIFA 2014 no Brasil. A combinação de azul e branco é sempre elegante e dificilmente faz feio. Ao contrário dos Orange com a Holanda que veste laranja ou o azul dos Savóia com a Itália, da onde a Nike tirou tal ideia? E não vale citar a remota Família Real Portuguesa, pois até onde nossa pesquisa levou, azul e branco em nada tem a ver com o conhecido vermelho e verde símbolo de nossa antiga metrópole. Mas também, qual não foi nossa surpresa ao ver a camisa abaixo de 1997 do blog Benfica Portugal Shirts. Segundo eles, a peça nunca teve a chance de entrar em campo e nem o autor da publicação sabe o porquê da camisa ser assim. Mais semelhante ao lançamento de 2014, há outra peça de 1998 retirada do Vintage Football Shirts. Agora, imaginem se com uma camisa que lembra nosso fantasma de 50, Cristiano Ronaldo e seus gajos conseguem avançar na competição?

Camisa branca do Botafogo

Davi Souza nos enviou a dica da apresentação da terceira camisa do Botafogo Futebol e Regatas feita pela Puma. Assim como as camisas listrada e preta que já estiveram por aqui, a versão branca também vem com detalhes em dourado e a frase “#FuiEscolhido”, parte do conceito eleito pelos torcedores. Frente ao modelo da temporada anterior, a nova camisa do Glorioso muda muito pouco, mas o suficiente para ganhar o título de novidade. Mesmo assim ponto para Puma que conseguiu algo diferente do oferecido para seu outro patrocinado alvinegro, o Atlético Mineiro. A estreia da peça fica agendada para segunda rodada Brasileirão, dia 27 de abril, contra o Internacional.

Camisa do Flamengo para Copa do Mundo

Juro que quando vi a dica do Bruce no Globo Esporte.com só pude pensar no Papai Joel falando: tá de brinqueichon with me cara?  Feita pela Braziline, esta pérola segue a tradição do Flamengo de raramente acertar a mão em peças comemorativas ou alusivas.
O layout lembra criações da Adidas para Seleções Olimpicas de 84 e 88, porém, o escudo do Rubro Negro da Gávea ali no meio deixa camisa a coisa mais sem propósito que já vi. Bacana vestir as cores do Brasil em época de Copa, mas esta onda o Flamengo podia ter deixado passar.

Fotos: Divulgação e Lancenet

Camisa reserva da Holanda para Copa de 2014

A Nike apresentou em seu blog oficial as imagens da camisa reserva da Seleção Holandesa para Copa do Mundo FIFA 2014 no Brasil. Assim como na camisa titular, a reserva também traz o escudo com o grande leão, desta vez em laranja. Abaixo dele, o ano de fundação da Real Associação de Futebol Holandês – 1889 – e o ano de 2014, marcando seus 125 anos de história. Por dentro, atrás do pescoço, ainda há uma etiqueta em formato de flâmula com o desenho de uma coroa. Para turma que gosta de fontes, segundo o designer responsável, as utilizadas na versão 2014 lembram os famosos números que estampavam as camisas de futebol na década de 70. No fundo de cada número vê-se ainda um pequeno escudo da federação de futebol do país. Para os curiosos de plantão, desde o começo da década que a equipe dos Países Baixos não tem o azul como sua segunda opção de vestimenta e contra a monocromia, o calção é dito como roxo no release da Nike. Peça bem interessante que faz vista e conta com uma gama de pequenos detalhes dignos de fazer os camiseiros de plantão babar. Ponto para Nike que conseguiu assim fugir, pelo menos de leve, da pasteurização na sua produção para uniformes do Mundial.

Fotos: Divulgação

Imagens oficiais da camisa de 90 anos do Atlético Paranaense

Primeiro vieram os flagras e hoje, nossos camiseiros Francisco Carlos e Maurício nos brindam com as dicas das imagens finais do manto comemorativo do Furacão. A edição limitada entra em campo esta noite pela Copa Libertadores contra o Velez Sarsfield e nas lojas na próxima semana.
Fotos: Divulgação

Flagra da camisa dos 90 anos do Furacão

Okay, Okay!!! No melhor estilo paparazzo, gigoCAP e Felipe Platzer conseguiram flagras da camisa 90 anos do Furacão. Confesso que pelas partes divulgadas no teaser não imaginava nada muito diferente. Peça bem classuda que ficaria mais legal ainda se estivesse disponível para venda também sem patrocínio. Aguardemos melhores ângulos para publicar.

Nova camisa do Stoke City feita pela Warrior

De mansinho a marca americana vem comendo pelas beiradas e acaba de apresentar mais uma agremiação abocanhada da Adidas, o Stoke City. Comparada a criações anteriores feitas para o clube pela Lecoq Sportif e pela própria Adidas, as camisas da Warrior são quase uma sequencia. Acho que depois das primeiras pirações feitas para o Liverpool e Sevilla, a ideia do chef foi: vamos ser clássicos na chegada e que nos aguardem depois, só pode. Em vias gerais o novo kit dos Potters é normal, sem wow factor, mas também sem nada que o desabone frente à torcida. No Brasil, a Warrior tem seu logo no site da New Balance como parte do mesmo grupo de empresas, será que eles virão para algum clube por aqui também? É esperar para ver.

Fotos: Divulgação