Camisas Kappa do Goiás

Antes do post, um grande obrigado ao Pedro Augustho, Alex e ao Mantos do Futebol que ajudaram até a Kappa na falta de uma divulgação da nova indumentária do Goiás EC. Ontem o Esmeraldino desfilou o seu novo conjunto fornecido pela empresa italiana e confesso que a firula na camisa titular me fez esboçar um leve sorriso de canto. Afinal, para quem esperava um claro update nos uniformes que eram fornecidos ao Guarani, a sensação transmitida não foi inteiramente esta. Menção especial para camisa III com assinaturas da torcida que integra o programa de sócio torcedor do time. No geral, não há surpresas, mas também não há decepções.

Camisas do Goianão 2015

Faz tempo que não publicamos as listas de quem veste o que nos estaduais e o Guilherme Gonçalves pensou que resgatar esta nossa tradição ia ser legal. E quem somos nós para ir contra? Com 10 times, o Goianão 2015 tem a Super Bolla vestindo 8 além da arbitragem. O curioso é não ter a Pirma em nenhuma equipe, já que a representação dos mexicanos fica no DF e temporada passada dominava o fornecimento para o Calangão. Outro ponto é porque a Super Bolla não atualizou a coleção de seus patrocinados na região? Temos vistos trabalhos bem legais da marca goiana para times como o São Bento-SP e também Confiança-SE. Não esqueçam que hoje temos a chegada da Kappa ao Goiás EC. O Pedro Augustho deu detalhes do que viu durante uma visita ao CT do clube e a marca italiana até já pôs vídeo teaser no Youtube.
• Anapolina -> Kanxa
• Aparecidense -> Super Bolla
• Atlético Goianiense -> Super Bolla (uniformes ainda de 2014)
• Caldas Novas -> Super Bolla
• Crac -> Super Bolla
• Goianésia -> Super Bolla (Os veteranos Nonato e Romerito comandam o time na boa campanha desse ano)
• Goiás -> Puma (uniformes de 2014, hoje é o lançamento de 2015 com fornecimento da Kappa)
• Grêmio Anápolis -> Super Bolla (uniformes são os mesmos de 2014)
• Itumbiara -> Super Bolla
• Trindade -> Super Bolla

Camisa do Reading #ryanroyals

No próximo dia 11 contra o Blackburn Rovers, o Reading vai usar um uniforme especial. Desenhando pelo torcedor Ryan Duval de 14 anos, ação é a conclusão de uma parceria com The Avenue School Special Needs Academy, o colégio onde o torcedor que sofre de uma doença degenerativa estuda. A camisa é inspirada nas cores e escudo do colégio de Ryan e mesmo usando modelo de fardamento, todo o projeto resultou em uma camisa legal. Agora é esperar para ver o time em campo.

Nova camisa reserva 2015 de Portugal

Confesso que quando vi a primeira imagem do Cristiano Ronaldo empunhando a nova camisa, jurava que poderia ser treino, mas pelo visto, eu estava redondamente enganado. Segundo o release da Nike, o verde e vermelho “em movimento” são inspirados na bandeira do país e seu passado navegador, descobridor de novas terras. O conceito é tremendo, mas novamente esbarramos no problema de luz que por vezes faz o verde chegar com cara de azul, o que em uma camisa de Portugal com o conceito criado não rola.

Camisas Dell´erba do Nagano Parceiro (Quem?)

Não estamos falando de nenhuma aventura do baixinho Romário pela cartolagem e sim de uma sensacional descoberta da temporada 2012-13 do futebol nipônico. Disputando a J3, terceirona da J-League, o  Athletic Club Nagano Parceiro da cidade de Nagano vestia nada mais, nada menos, que nossa sumida Dell’erba. As referências que temos da marca são do fim dos anos 90, mas neste súbito aparecimento deu para ver que as criações foram simples e honestas. Deu para matar saudades mesmo não havendo as habituais pirações locais.

Camisa Nike reserva para Seleção da França

Dando sequencia aos lançamentos da Nike para selecionados europeus, nós trazemos a camisa suplente da França. Segundo o release, a inspiração ainda é o uniforme dos marinheiros. Detalhe que esse conceito é usado desde a chegada dos americanos ao campeão mundial de 98 e que a cada ano tem suas faixas cada vez mais esmaecidas. O galo clássico do escudo permanece e as cores da bandeira do país surgem nas laterais e seguem até o short. Ano que vem é que vai ser legal, pois poderemos ver o que a Nike vai ter que criar já que as faixas não têm mais como serem clareadas.

Camisas Nike da Noruega

No fim da última semana a Nike apresentou o conjunto da mais nova seleção nacional a fazer parte de seu portfólio, a Noruega. Tenho muito viva na memória as camisas Umbro do fim dos anos 90 na época do “Você vai ter que me engolir”. Porém, as últimas criações da grife britânica não empolgaram, o que nem de longe fizeram as novidades da Nike. Ambas as camisas saíram honestas, não vi “preguiça”, mas ainda senti falta de alguma coisa… Sem tomar partido, espero que os boatos da ida da Nike para Alemanha sejam apenas boatos. Porque para agradar a turma do swoosh vai ter que rebolar.

Camisas Penalty do Gimnasia Y Esgrima de La Plata

Rodrigo nos deu a dica das novas camisas Penalty do Gimnasia Y Esgrima de La Plata. O trabalho executado nas indumentárias da equipe argentina pela marca nacional é primoroso, sem exageros. Porém, há de se confessar que comparado com o conjunto 2014 (vide fotos), atual fornada só ganhou um “facelift” com mudanças nas golas e adaptações para leve de patrocínios que foram chegando. De qualquer maneira, antes um grilo do que representa a loteria do que a marca tenebrosa da empresa de seguros que ilustra boa parte dos clubes argentinos.

Camisa III do Coritiba

Na noite de ontem o Coritiba Foot Ball Club apresentou sua camisa III para torcida. O site da agremiação diz que o elenco curtiu e sobrou até para o meme do vestido com chamada sobre a peça ser verde ou azul. Acredito que a intenção da Nike era tropicalizar a coleção usada em times europeus, mas sinceramente não soou muito bem. Nenhuma das equipes que ganharam as camisas “fluorizadas” tinha patrocinadores preenchidos com branco ou escudo em que tal característica gerasse tanto impacto. Só tacar uma cor não cria um terceiro uniforme. Se a ideia era ser diferente, o escudo podia ter ido para o peito (como já foi feito), ter sido preenchido pela cor da camisa e o até mesmo o logo da Caixa ter vindo em negativo. Aí sim, talvez, tivéssemos uma camisa III bacana.

Fotos: Divulgação, Ana Helena Goebel/Globo Esporte.com

Camisa reserva do DC United

Clube fundador da MLS no fim dos anos 90, o DC United apresentou em fevereiro sua camisa reserva. Curiosamente o clube da capital americana sempre vestiu Adidas, mesmo nos tempos que a Nike ou Umbro predominavam na liga. Cavucando os alfarrábios que nutrem o Minhas Camisas reparei que propositalmente ou não, a atual criação suplemente tem inspiração na camisa usada na temporada 2001-02.
Fotos: Getty Images, Divulgação, Classic Football Shirts