Camisa do Flamengo 2015

Ontem foi o lançamento da nova camisa do Flamengo com direito até a participação em vídeo do Porta dos Fundos como nos passou David Sousa. Segundo a Adidas, o novo manto traz as listras rubro-negras ligeiramente mais finas se aproximando das raízes tradicionais do clube. Agora surge a pergunta, onde nas raízes do Flamengo há o cinza que foi aplicado nas três listras? Sinceramente, se pegássemos a camisa do Bayer Leverkusen, trocássemos o escudo e a gola “v” pela careca, visualmente ficaria melhor resolvido. Ok, análise iria descambar para porque não foi uma criação original, mas o resultado agradaria mais. Já divulgação via Porta dos Fundos ficou legal, até porque mata a curiosidade de como a peça iria ficar com a aplicação dos patrocínios. Sorte da torcida que pode comprar a camisa limpa ou quase.

Fotos: Divulgação, Espaço Rubro-Negro

Camisa 2015-16 do Wolfsburg

De frente de Kombi para o chevron com gola Y, esta foi a radical mudança na criação da Kappa para vestir o VfL Wolfsburg em 2015-16. Dei uma vasculhada e não achei nenhuma peça do clube da VW de antes da década de 90 para ver se um dia já aconteceu, mas fico imaginando se eles não ficariam muito melhor servidos com criações da Erima ou Hummel. Seria uma chacoalhada muito interessante nos uniformes dos Lobos. A estreia da nova camisa está prevista para decisão da Copa da Alemanha contra o Borussia Dortmund.

Camisas Romai da Jamaica para as Copas América e Concacaf

Na última quinzena, a Federação Jamaicana de Futebol celebrou com uma grande festa o lançamento dos uniformes produzidos pela Romai, empresa dos Emirados Árabes Unidos, para suas seleções masculina e feminina.  Os Reggae Boyz já vestiram peças muito bacanas, mas as últimas fornadas da Kappa se resumiam a templates sem personalidade alguma. Algo que está de volta, mesmo modestamente com as criações da Romai. Agora é torcer para que só melhore no decorrer do contrato.

Nova camisa New Balance do Sevilla

Na quarta-feira, dia 27, o Sevilla entra em campo pela final da Liga Europa vestindo roupa nova. Ao contrário das gráficas camisas fornecidas pela Warrior, o primeiro conjunto New Balance retoma o sólido vermelho além de trazer a data da partida em dourado e a bandeira espanhola nas costas. Criação simples ao extremo que não desagrada. Como sugestão, a gola careca poderia ter aplicação em branco, assim como os punhos das mangas. Uma evolução da peça dos anos 90 da Bukta (vide foto).  Alguém arrisca o mockup?

Imagens da Final

Novas camisas 2015 do Barcelona

Desde sexta-feira já circulavam possíveis imagens das novas camisas do Barcelona vestindo atletas do clube.  Mas como seguro morreu de velho, afinal, trocar as tradicionais faixas verticais da camisa blaugrana por faixas horizontais é uma mudança e tanto.  No release da Nike há menção que a novidade não é tão nova já que outros esportes do clube catalão como basquete e rugby já usaram a padronagem.  Eu digo: OK, mas o que se compara a camisa do futebol do Barça? Já a camisa reserva é uma homenagem a bandeira Senyera e em contra partida as criações que tem as costas lisas, aqui temos as listras. Que poderiam permear a peça toda. Minhas impressões são de que por mais que a camisa titular tenha ficado bonita, há aquele conflito de como deixaram mexer em algo que vai além de um fardamento de jogo? Já a suplente faltou um tantinho assim para dizer WOW! E que venham os comentários!

Camisa III do Grêmio-RS

Ontem foi noite de apresentação do aguardado e ventilado terceiro uniforme do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. A ideia do degrade de negro para azul celeste fugiu totalmente as recentes criações da Umbro.  Agradou em cheio! Até achava que as camisas do Cuiabá com este efeito ainda fossem produzidas pelos britânicos, mas não. A Tubarão já vestia os jogares do clube do centro-oeste. Ficamos aguardando as famosas fotos de estúdio para enriquecer os comentários. A estreia do novo manto está prevista para rodada deste final de semana do Brasileirão.

Fotos: Divulgação, Cabide Placar/Camila Paier

Nova camisa do Everton para 2015

As campanhas e imagens da Umbro são sempre lindas e a inegável maioria das criações fazem a mão coçar. Porém, existem aqueles lançamentos que mais caem como facelift e ganham no release a descrição de camisa em homenagem aos tempos de glória da agremiação. Foi bem o que houve nessa peça do Everton. O que mudou mesmo foi a gola que dependendo da posição, pode lembrar a versão Nike de 2012 ou babador da Le Coq,  esta com as devidas proporções, claro.

Nova camisa da Lazio

Hoje é final da Copa da Itália entre Lazio e Juventus. E também é dia do clube de Roma estrear roupa nova. A Macron apostou em um sutil degrade para dar aquele gracejo na tradicional camisa azul clara e o resultado ficou bem legal. Principalmente por fugir do habitual print e ser executado direto na trama da peça. Agora é ver quem levanta a taça.

Camisa 2015 do Coritiba

Longe do Minhas Camisas ser anti marca X ou pró marca Y mas sinceramente o gracejo executado no escudo da nova camisa do Coxa pode ser considerado novidade? Vale as prováveis duzentos e tantas lascas que peça irá custar? Definitivamente não! Mudanças drásticas no uniforme titular do Coritiba nunca serão vistas, isto é um fato. Mas daí enxugar a criação já mega clean da temporada anterior, aplicar um grafismo e um poema a lá Pedro Bial no release para poder chamar de lançamento é sinceramente uma acomodação criativa que dói. No mínimo indignado.

Camisa do Werder Bremen 2015/16

Na última quarta-feira, 13 de maio, o Werder Bremen apresentou sua camisa titular para temporada 2015/16. Fornecida pela Nike, a peça é inspirada nos modelos usados ​​pelo clube ao longo dos anos 1960 e o tom de verde utilizado durante toda a década de 1970. Curto as criações que remontam a história dos times, ainda mais quando o lançamento traz junto um vídeo como o que foi produzido. Porém, tive de olhar várias vezes para as fotos para garantir que a Kappa não tinha voltado a vestir o Werder Bremen. E a gola, deveria uma “careca” bem desenhada e não uma “V” que dependendo do ângulo parece careca.