Camisa III do Atlético MG

Na rodada do meio de semana, o Atlético Mineiro entrou em campo com sua camisa III negra. Finalmente o template geométrico da Puma chegou por aqui e ficou bacana em preto. Porém, fiquei refletindo que se o “timing” de lançamento fosse mais parelho a das outras praças, a impressão do uniforme não seria melhor. Toda a sensação de novo e bacana fica prejudicada quando se vê a milésima versão da mesma aplicação. Acho que aí entra a contribuição de um patrocinador graficamente bacana e tal. Para refletir…

Camisa reserva do Bolton Wanderers

A Macron apresentou as primeiras imagens da nova camisa suplente do Bolton Wanderers. Predominante negra com detalhes em dourado, a peça é muito elegante, sem boxes e ainda com gola padre. Palmas para mais esta excelente criação da marca italiana.

Camisas Nike do Young Boys

Estou começando a achar que a Nike chega para todo mundo em algum momento. Vestindo Jako nas últimas temporadas, o suíço Young Boys de Berna agora está com um conjunto fornecido pela Nike. Mesmo sem grandes firulas, curti a camisa titular com as faixas nas mangas, deu cara de novidade frente a criação anterior. Já a peça reserva passa a ser totalmente branca com um detalhe em negro e a bela gola padre. Crédito ao patrocínio da Honda que orna que é uma beleza.

Camisa reserva do Manchester City

Neste final de semana, enquanto o Real Madrid ia a campo de “pijama”, o City estreava sua nova indumentária suplemente. Chamada de “Lua Azul” pela Nike, a camisa tem detalhes inspirados no satélite natural da Terra nas mangas. Conceito bacana por ser diferente e que só pode ser visto dependendo da luz. Assim, não chama a atenção mais do deve e ainda é possível dar umas voltas sem criar a revolta do cônjuge. Tomara que a Nike não replique a ideia em todos os seus clubes, já que rolou um vazamento de uma camisa do Barça com algo parecido.

Camisa do tri-super campeonato do Santa Cruz

A turma do Mantos do Futebol já tinha anunciado o novo manto da Penalty em homenagem ao tri-super campeonato conquistado pelo Santa Cruz. Até ontem a venda estava restrita aos sócios e estávamos esperando evento, fotos e tal, mas como não rolou vamos com as imagens dos felizardos que garantiram sua camisa. Há um tempo que o Santinha consegue tirar da Penalty o seu melhor, fazendo camisas primorosas para o clube coral e esta não é exceção.
O destaque é a faixa diagonal tricolor em um belo fundo azul e as datas das conquistas: 1957, 1976 e 1983. A estreia da peça esta prevista para partida contra o Bahia pela série B do Brasileirão no dia 28 de julho.

Camisas do Club Necaxa para 2015

Figurinha fácil no Latin Football Weekly nos anos 90, o Club Necaxa do México voltou a vestir Umbro na temporada passada e cá estamos nós com a dica do Heron Leal para o lançamento deste ano. É uma típica camisa mexicana com patrocínios de montão, mas que graças aos ingleses não chega a ter cara de macacão de F1.   Item que poderia sair é a marca da Rolcar ao lado da gola. E olha que mesmo o logo da Mercedes-Benz competindo com a Umbro no peito não ficou ruim de todo.

Camisas do Chivas para o Apertura 2015

Em grande evento, o Chivas Guadalajara apresentou na noite de ontem seu novo conjunto para o Torneo Apertura 2015. A camisa titular ganha em suas faixas alvirrubras o efeito arame farpado bem bacana e a reserva chega com os grafismos da temporada e um escudo retro remontando o usado em 1917.  Desde a era Reebok, acho que este conjunto é o mais legal já feito e a peça suplemente merece menção especial por conseguir casar bem o template Adidas com identidade do clube sem pasteurizar.

 

Camisas Hummel do St Pauli

Dica do Pedro Roberto de que o conjunto completo do St Pauli para temporada já está na praça. A Hummel criou três camisas que fazem jus ao título de cult que o clube de Hamburgo ostenta. A titular é marrom com efeitos na trama e fornecedor saindo do centro da peça, a camisa reserva tem cara dos anos 90 com o efeito rajado no fundo branco e detalhes do arco-íris simbolizando a luta contra homofobia. Já o terceiro uniforme é vermelho sangue em estilo meio marca de tigre. Ah, não podíamos deixar de mencionar a camisa de goleiro com um ar de vídeo clipe e as fontes rock n roll. Vendo criações tão icônicas só nos resta pedir: fica Hummel!

Camisa da torcida Joma para Sampdoria

A espanhola Joma chegou a Sampdoria e com ela, além dos novos modelos de camisa, um gadget com o grito da galera.  Incorporado ao escudo do clube, toda vez que pressionado toca o hino cantado por seis jogadores da Samp. A “La maglia che ti incoraggia” ou camisa falante é limitada a 350 unidades. Completando o conjunto ainda há uma camisa reserva branca, um terceiro uniforme amarelo e uma bela camisa negra para os goleiros. Confiram abaixo além das imagens, os vídeos da campanha da nova peça.

Camisas do BK Frem (Quem?)

Croudfunding ou a famosa vaquinha é um recurso que está em alta. Torcedores de clubes italianos utilizam-no para que suas paixões não morram, craques conseguem vestir camisas com o passar do chapéu e até amistosos internacionais são realizados. Na última semana,
a torcida do BK Frem, da terceira divisão dinamarquesa, passou o chapéu para que o time enfrentasse o St Pauli em um amistoso para amenizar a situação financeira delicada. Clube mais antigo de Copenhague, o Frem foi fundado em 1886 e em 2010 declarou falência caindo para a quinta divisão. Em relação a camisa, o belo conjunto é fornecido pela por aqui sumida Diadora com direito a 3 uniformes, escudo bordado e belo patrocínio da Carlsberg.  Dica bacana que saiu no Trivela.