Camisa de goleiro do Avai em homenagem a Entre Rios

Tomei um susto ao ver a notícia que saiu no site do Avaí sobre a notícia da próxima cidade homenageada na camisa de goleiro do time: é um projeto que vem desde 2012 e ainda está rolando. Enfim, Entre Rios é a cidade que será tema da camisa de goleiro abaixo – localizada no oeste do Estado de Santa Catarina, ficando cerca de 560 km de Florianópolis. Entre tantas camisas bem coloridas que já foram desenhadas para a coleção, está ficou bem sóbria.

camisa-de-goleiro-do-avai-em-homenagem-a-entre-rios-2

As camisas da coleção estão à venda na Avai Store por 139,90 – e eu confesso que a homenagem à Capivari de Baixo me chamou a atenção…

camisa-de-goleiro-do-avai-em-homenagem-a-entre-rios-3

Camisa III do FC Copenhague

Na última sexta-feira, o FC Copenhague apresentou seu novo terceiro uniforme. Quando vi os detalhes na loja online, lembrei muito do comentário que os fabricantes só fazem a parte da frente das camisas. Isto porque há firulas e faixas na frente e a parte de trás fica praticamente reservada para numeração.  Outra observação é que o azul usado para dar uma graça na divulgação é lindo! Deixaria a criação matadora. Então porque não aplicar na camisa de verdade? Por fim, ou listras que vão até o fim da manga ou as laterais do template de 2016. Do jeito que veio, não pode mais Adidas!

Camisas do Chelsea para 2016/7??

Sairam no Mirror Online fotos de potenciais camisas do Chelsea para 2016/17. O próprio periódico esclarece que há chances de não serem verdadeiras, conforme observado por um blog ligado ao Chelsea: o “responsável” pelos vazamentos é um designer argentino (não por ser argentino, claro está, mas por ser um cara que faz vários mockups de uniformes do mundo). Mas não deixou de publicar a matéria, provavelmente para especular as reações da torcida. Eu admito que gostei – tirando as mangas muito largas.

Camisa Hummel do Odense

Já há algumas temporadas vestindo Puma, o dinamarquês Odense BK agora tem seus uniformes fornecidos pela local Hummel.  A criação lembrou demais as camisas dos anos 90, não só pelo estilo da gola como também a aplicação de xadrez nas listras. Ainda nos detalhes temos os nomes de todos os clubes da ilha de Funen, onde se localiza a cidade de Odense que dá nome a agremiação.

Camisa amarela do Porto para 2017

Saiu no Todo Sobre Camisetas a notícia sobre a camisa laranja do River, em celebração ao 30 anos do superclásico vencido por 2-0 com uma Tango laranja em campo (já disse alguma vez que a Tango é, para mim, a bola mais bonita já desenhada pelo Homem?)

camisa-amarela-do-porto-para-2017-5 camisa-amarela-do-porto-para-2017-4 camisa-amarela-do-porto-para-2017-6

 

Minha opinião: a apropriação de cores para camisas comemorativas com boas histórias (atenção ao “boas histórias”) é para mim uma arte – a camisa roxa do Corinthians é para mim um exemplo disso. De modo que juntar uma cor bacana com uma história igualmente bacana, irônica (conforme matéria do Cancha Llena, a escolha da cor foi do Gatti, goleiro histórico do Boca – também jogou no River mas isso é outra história – que pensou no laranja para que a bola não sumisse no monte de papeizinhos que os argentinos adoram atirar em campo), e que ainda por cima cutuca o oponente, é genial.

E aí fiquei meditando – quem mais poderia fazer uma camisa comemorativa dessas? O Futebol Clube do Porto, ora pois – que venceu o Mundial Interclubes de 1987, batendo o Peñarol por 2-1, jogando com uma Azteca amarela (não tão bela quanto a Tango, aliás, já falei que bla bla bla…?) para se distinguir na neve do Estádio Nacional de Tóquio, e que estourou durante o jogo – vejam o vídeo abaixo aos 0:29.

soccer-intercontinental-cup-final-toyota-cup-fc-porto-v-c-a-penarol-national-stadium-tokyo-752x501

B4w61KyIAAEM4aj

General action from the match as the players struggle in the extreme conditions

Assim, no puro desespero (ficar sem Photoshop ou Fireworks é uma f…) peguei um montador online de camisas e desenhei uma hipotética camisa do Porto para celebrar o fato no ano que vem. Mocapeiros, alguém arrisca um desenho melhor?

fc-porto-commemorative-1987

Camisas Ícone do Goytacaz

O Facebook da capixaba Ícone Sports divulgou teaser da nova camisa do Goytacaz. O mais bacana da criação é a homenagem a um torcedor ilustre do clube norte-fluminense, o ator Tonico Pereira.  Além da assinatura do eterno Mendonça de A Grande Família abaixo do escudo, ainda há história de como ele começou a torcer pelo Goyta nos seus primeiros dias de vida.  Natural de Campos dos Goytacazes, Tonico Pereira saiu da cidade aos 18 anos de idade, mas, jamais, deixou de lado a paixão pelo clube, por onde, inclusive, chegou a tentar ingressar na carreira de jogador. Nas arquibancadas, é figurinha carimbada no Estádio Aryzão e acompanha de perto a saga do Alvianil em busca do retorno à elite do Campeonato Carioca – onde está de fora desde 1992. Ícone está sendo a grande vedete deste começo de 2016 com boas sacadas, passeando entre criações clássicas e outras mais gráficas. A nova camisa do Goytacaz já está em pré-venda na loja oficial do clube e tem previsão de lançamento para dia 29/2 com a participação do próprio Tonico.

Camisas romai do Bahrein para 2016

Às vezes uma pauta interessante surge nos lugarem mais inesperados. Sairam no Footy Headlines (mais fotos aqui), dica do Maxwell Santos, fotos das camisas que a Romai – marca dos Emirados Árabes Unidos que já era responsável por criações interessantes como as da camisa da Jamaica, já tratada por aqui. A camisa usa como inspiração a própria bandeira do Bahrein (o ziguezague da camisa vem daí). Enfim, camisa bacana, que não compromete, mas que não arrepia o braço.

Untitled design (1)

Aí fui dar uma fuçada na página da Romai pra conhecer os times que eles patrocinam – e achei neste link coisas bem diferentes criadas por eles. Vejam as pirações, e o nível de detalhes, que eles fizeram para o Al-Shabab FC, da Arábia Saudita, por exemplo. Difícil imaginar outras marcas pirando tanto, não? (também é difícil uma marca cobrar 80 dinheiros por uma camisa – acho que são dólares mas não tenho certeza)

al-shabab-4th-kit-back-e1451919253920-800x800 al-shabab-4th-kit-front-e1451919229952-800x800 ROMAI-Al-Shabab-0098-800x800 ROMAI-Al-Shabab-4th-back-1-800x800 ROMAI-Al-Shabab-4th-front-1-800x800 al-shabab-away-kit-back-e1440422598622-800x800 (1) al-shabab-away-kit-front-e1440422591850-800x800 (1) romai-al-shabab-063-e1440422607154-800x800 romai-al-shabab-052-Edit-e1440422616396-800x800 romai-al-shabab-031-e1440422815827-800x800 al-shabab-away-kit-back-e1440422598622-800x800 al-shabab-away-kit-front-e1440422591850-800x800 romai-al-shabab-sessao-2-219-e1451919530388-800x800 romai-al-shabab-sessao-2-222-e1451919295731-800x800 romai-al-shabab-sessao-2-220-e1451919322607-800x800 al-shabab-3rd-kit-back-short-e1451919454371-800x800 al-shabab-3rd-kit-front-short-e1451919422964-800x800 romai-al-shabab-sessao-2-199-e1451919168148-800x800

 

 

Camisas Macron do KF Shkëndija (quem?)

Macron dando boas vindas a mais um clube ao seu portfólio, desta vez foi o KF Shkëndija da Macedônia.  Lendo o release no site da equipe, esta é a primeira vez que o Faísca, tradução do nome do time no Google, tem um contrato de fornecimento de uniformes. Isso deu a entender que tudo que veio anteriormente foi comprado na Netshoes local.  Em relação à camisa rubro-negra, o Vitória da Bahia seria um excelente candidato a ter uma versão da peça caso a Macron chegasse por aqui. Já a peça suplente traz como opção faixas em cinza mescla, boa sacada! Por fim, ainda temos um terceiro uniforme em azul marinho. A grife italiana agradou mesmo sem esforços hercúleos na criação.

Camisa da Seleção Argentina para 2016 (Será?)

Saiu no Todo sobre Camisetas  a possível nova camisa da Argentina para 2016.  No geral é uma criação simples com apenas algumas alterações frente à edição anterior. Saem a borda ao redor escudo e as três listras nas mangas. Porém, voltam a marca da Adidas e a gola em preto. Este retorno é ponto alto de uma peça que é feita em detalhes. Por fim, a manga direita ganha uma marca d’água da AFA e seu ano de fundação (1893).

Camisa reprovada do Vasco para 2015

Sairam no NETVASCO fotos de uma possível camisa 4 do Vasco para 2015, que aparentemente não foi aprovada por duas razões: o momento delicado que vivia o clube, e a aprovação para entrar em campo com ela. De todos os comentários sobre ela, entre “parece camisa de treino” e “tá horrível”, o melhor até agora foi: “Me lembrei quando a mamãe errava a doze (sic) de qboa!” 

Mas fica uma reflexão: como deve ser a camisa de um time que não passa por um bom momento, ou que acabou de ser rebaixado? Uma parte minha é partidária da teoria “quem tá na merda não canta”, logo o uniforme deve ter o mínimo de firulas, ser o mais parecido possível com o desenho original da camisa do time, evocando as raízes do time para que ele saia do buraco – e por isso mesmo, lançar camisas 3 e 4 nesse período não é uma boa. Por outro lado, camisas de tempos difíceis são camisas que o torcedor não quer comprar, sequer lembrar-se que um dia elas existiram (o River Plate que o diga – simplesmente apagou o período da Série B de sua página do FB) – e por isso mesmo uma camisa 3 ou 4 descaracterizada preservaria melhor a imagem do uniforme original. Pra se pensar.

20160221-2217-1- 20160221-2217-2-